Notícias   ››   Indústria   ››   Gestão e Estratégia
Dança das Cadeiras

Oscar Clarke deixa a presidência da HP Brasil

Autor: Felipe Dreher / InformationWeek Brasil
Fonte: Publicado em 18 de Março de 2014 às 09h00

Substituto será anunciado na sexta-feira (01/11). Claudio Raupp, atualmente responsável pela divisão de PPS, está cotado para assumir a posição. Luciano Corsini (ES) e Tereza Kitty (Software) também são nomes possíveis para o cargo

Oscar Clarke está deixando a posição de presidente da HP Brasil. A saída estaria relacionada a uma reorganização da área de Enterprise Group (EG) pela qual a companhia passa globalmente. O executivo fica no cargo até quinta-feira (31/10), data de encerramento do ano fiscal da fabricante. Participe gratuitamente do IT Business Forum, maior evento para canais de TI do Brasil O nome de seu substituto será anunciado na sexta-feira. Ainda não há definição sobre quem assume o posto. Possivelmente será um dos profissionais que atualmente ocupa uma das vice-presidências das unidades de negócio da fabricante no País, algo que segue a tônica do processo de sucessão na subsidiária da companhia em mercado nacional. Clarke possui um perfil de gestão focado em relacionamento. De acordo com a companhia, a ideia da mudança é passar o comando da operação brasileira a um executivo com foco mais no dia a dia do negócio. Há uma aposta forte no nome de Claudio Raupp, atualmente responsável pela divisão de PPS, para a posição. Luciano Corsini (ES) e Tereza Kitty (Software) também são cotados. A mudança em EG tem relação com a saída de Dave Donatelli e entrada de Bill Veghte, anunciada pela CEO, Meg Whitman, há algumas semanas. A troca na esfera global visava a imprimir um novo estilo de gestão. O movimento de reestruturação chega ao Pais agora e, quem assumir o posto começa o trabalho no novo ano fiscal. Não há informação sobre como a troca impactará a estrutura das outras áreas de negócio da empresa no Brasil. Possivelmente reverterá algumas alterações, ainda não claras na estrutura da organização no País. Não há informação sobre o destino profissional de Clarke. O que está definido até o momento é que quem tocará interinamente a área de EG da operação brasileira será Alfredo Yepez, até então vice-presidente da área para os países que compõem ?o resto da America Latina?.
Tags
Nenhuma tag cadastrada
Comente e compartilhe sua opinião com nossa comunidade!

Últimas notícias