Webmotors adota plataforma 4Insights para estruturar dados

Empresa de e-commerce construiu BI para agregar inteligência às estratégias

A Webmotors adotou a solução 4Insights para empoderar o uso de dados por meio de analytics e Business Intelligence (BI) e melhorar a tomada de decisões, tanto para gestão interna quanto voltadas à customização de produtos. A empresa contava com uma plataforma ligada à origem dos dados, de onde já realizava extrações, mas não tinha um repositório para elas. O foco do projeto de big data foi padronizar o processo de transformação e carga de dados com um novo conceito de acelerador de integração de estruturas de dados, transformados em inteligência de negócios.

Com o apoio da ferramenta 4Insights, uma aceleradora de estruturação de dados, em menos de quatro semanas a Webmotors conseguiu enfrentar antigos impasses colocados pela complexidade técnica da sua plataforma e ativou uma esteira de big data articulando informações extraídas dos vários pontos de cruzamento de suas operações de negócio. A companhia passou a extrair insights de negócios a partir de 130 milhões de consultas mensais na plataforma de e-commerce.

Além da ativação rápida, o 4Insights permitiu a implementação sem interromper as transações on-line. A equipe de TI da empresa teve apoio externo da consultoria ST IT, que encapsulou as fontes dispersas de geração de dados da Webmotors em um repositório único.

As principais vantagens apontadas foram qualidade de dados, velocidade para entregar informações e facilidade de uso. Pedro Leme Fleury, diretor de tecnologia da Webmotors, explica que, no assunto dados, a companhia tinha duas necessidades. A primeira era melhorar a acuracidade de informações para tomada de decisões internas.

“Mudamos recentemente nossa estrutura organizacional, com a implementação de um modelo ágil de trabalho. Todas as células foram montadas em cima de indicadores. Cada uma tem um set de indicadores, com as metas, objetivos de negócios, todo o orçamento de trabalho etc. Tudo apoiado nessas análises de indicadores”, conta o executivo, em entrevista ao IT Forum 365.

O foco era tornar os processos mais analíticos e apoiados em informações e, para isso, Fleury e sua equipe trabalharam com o time da 4Insights em uma arquitetura Amazon Web Services (AWS) para subir uma solução de BI rapidamente. “A empresa sempre foi ágil, mas a tomada de decisões era muito com base em percepções, não em dados. Passava muito por uma análise qualitativa do que quantitativa.”

Além das vantagens “da porta para dentro” citadas por Fleury, a companhia levou inovações para seus clientes e toda definição de produtos passou a partir com insights em dados ao invés de percepção de conversas. Nesse quesito surge a segunda necessidade apontada por Fleury: cada vez mais desenvolver produtos baseados em inteligência.

Além do consolidado classificado de veículos on-line, a empresa conta produtos de automação e gestão para logistas e montadoras. O portal, por exemplo, está sendo otimizado com inteligência para ter uma personalização para cada usuário. Já os produtos para logistas trarão mais informações para enriquecimento da plataforma. O foco é ter leads mais efetivos.

Plataforma 4Insights
A ideia da plataforma surgiu para resolver um problema recorrente entre as organizações: o tempo e custo para se construir uma solução de BI, bem como a complexidade de manutenção. O 4Insights é uma solução desenvolvida para estruturar, construir, armazenar e enxergar as informações.

A solução possui uma interface visual, na qual é possível desenhar os modelos de BI de qualquer organização. O Data Modeler é o serviço para organizar o modelo de dados e a governança das informações. Em paralelo, o sistema recupera as informações do modelo e o algoritmo do 4Insights transfere os dados da sua organização de forma criptografada e compactada para os repositórios de arquivos. Na sequência, converte estes dados em informações organizadas em repositórios de bancos de dados estruturados.

O projeto contou com o apoio da AWS, que recomendou a adoção do 4Insights e indicou os serviços da ST IT Consulting para aplicar as funcionalidades do acelerador. Os dados extraídos da operação foram então carregados em uma base colunar suportada pelo repositório Amazon Redshift.

O 4Insights foi desenvolvido pela ST IT, mas recentemente se tornou uma operação independente. A nova companhia, segundo Alam Vitório Perez, diretor da empresa, está em busca de novos parceiros. Dois deles já firmados são as plataformas de cloud AWS e Microsoft Azure. O executivo afirma que Google Cloud está próxima de fechar para ser mais um parceiro de peso. Ainda, a ideia é fechar também com integradores e até o fim do ano a meta é ter pelo menos 10 assinados.

Comentários
As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem unicamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da IT Mídia ou quaisquer outros envolvidos nessa publicação.

Notícias Relacionadas

Copyright 2017 IT Mídia. Todos os direitos reservados.
É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da IT Mídia.