UFMG abre laboratório para pesquisas sobre "internet do futuro"

UFMG abre laboratório para pesquisas sobre “internet do futuro”

Rede utilizada na ilha de experimentação será disponibilizada pela RNP

Em busca de projetos para a “internet do futuro”, a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) inaugurou uma ilha de experimentação da plataforma Future Internet Brazilian Environment for Experimentation (Fibre), laboratório para pesquisadores de redes experimentarem novas arquiteturas alternativas ao desenho da internet atual.

A Fibre é disponibilizada pela Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP) – organização social vinculada ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC). Até o momento, a plataforma é formada por 13 ilhas de experimentação em operação e está disponível remotamente para qualquer universidade, instituição ou empresa no Brasil ou na América Latina.

Para realizar os experimentos com a Fibre, parte da infraestrutura da internet é usada como plataforma para testes, o que a torna ideal para o uso em aulas práticas de redes de computadores. A ilha permitirá que alunos, professores e pesquisadores da universidade desenvolvam pesquisas em novas arquiteturas para encontrar novas soluções para a evolução da internet.

Outras ilhas estão previstas para serem inauguradas nos próximos meses na Universidade Federal da Bahia (UFBA), na Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) e na Universidade Federal de Uberlândia (UFU).

*Com informações do MCTIC

Comentários

Notícias Relacionadas

Copyright 2017 IT Mídia. Todos os direitos reservados.
É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da IT Mídia.