Salário médio de desenvolvedor sênior em startup é de R$ 7,2 mil

Estudo ouviu 50 profissionais de TI espalhados por startups em todo o País

O salário de um desenvolvedor sênior em startup no Brasil é, em média, R$ 7,2 mil mensais. O cálculo é de uma pesquisa da Gama Academy, escola de transformação tecnológica, em parceria com o GeekHunter, empresa de recrutamento e seleção.

O estudo, realizado entre os meses de setembro e novembro de 2016, tem como base mais de 850 profissionais de TI espalhados por startups em todo o país, para apontar números interessantes do universo delas, como porte, número de colaboradores, ano de fundação, benefícios etc.

Quando o aspecto abordado foi a localização, o estudo aponta que os Estados de São Paulo e Rio de Janeiro concentram os maiores salários, com média de R$7,5 mil para profissionais seniores. Por outro lado, os Estados de Santa Catarina e Minas Gerais apontam uma média de R$ 5,5 mil para o mesmo cargo, indicando uma diferença de cerca de R$2 mil entre as regiões.

Os principais focos de atuação na área de TI em startups são: Full-stack (29%), Back-end (28%) e Front-end (12%). Desses, mais de 30% são de nível pleno, o que demonstra um amadurecimento dos programadores no mercado. Outro dado importante é que os desenvolvedores master das startups de Recursos Humanos e Finanças são os que têm os salários mais altos da categoria, uma média de R$10,5 mil mensais.

A pesquisa mostra também que 39% das startups brasileiras possuem de um a dez colaboradores e que apenas 12% delas apresentam mais de 100 funcionários. A pesquisa mostra ainda que apenas 8% do total de desenvolvedores nessas empresas são mulheres. Outro dado interessante apontado pelo levantamento é que a maioria das startups foi fundada entre os anos 2012 e 2016.

Comentários

Notícias Relacionadas

Copyright 2017 IT Mídia. Todos os direitos reservados.
É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da IT Mídia.