Multinacional norte-americana Disys abrirá 40 vagas para profissionais de TI no Brasil

Perfis mais procurados são analistas de sistemas, especialistas em Hadoop e em banco de dados. Oportunidades serão anunciadas ao longo do segundo semestre

A Disys, multinacional norte-americana especializada em serviços de TI e na terceirização de processos, anuncia a abertura de 40 vagas para profissionais de TI no Brasil. Dentre os colaboradores mais procurados, estão analistas de sistemas, especialistas em Hadoop e em banco de dados. Os profissionais interessados em participar do processo de seleção deverão enviar currículo para o e-mail [email protected]

De acordo com Alexsandro Tolomei, diretor de negócios da companhia, a maior parte das ofertas está concentrada nas cidades de São Paulo e Rio de Janeiro – a companhia também conta com escritórios em Curitiba, Porto Alegre. “Em tempos de câmbio desfavorável para a moeda brasileira, a mão de obra local se torna ainda mais atrativa para o mercado internacional. Temos clientes globais para os quais criamos centros de desenvolvimento e suporte avançado no Brasil”, conta.

Luiz Ricardo Martins, country manager da Disys Brasil, diz que novas vagas deverão ser anunciadas ao longo do segundo semestre de 2017. “A expansão de projetos em alguns clientes e a conquista de novos contratos, principalmente nas cidades de São Paulo e Rio de Janeiro, nos levarão a contratar mais algumas dezenas de colaboradores, ainda este ano.”

Plano de carreira e capacitação contínua
A Disys soma mais de 6 mil colaboradores espalhados por 34 escritórios de 15 países – apenas no Brasil, são cerca de 700 profissionais – e acredita que o investimento em pessoas é melhor caminho para manter o crescimento da companhia e a qualidade dos serviços ofertados. “Queremos que nossos profissionais mantenham posições de destaque no mercado, dentro e fora da Disys. Afinal, são eles que representam nossa marca e nossa imagem dentro dos clientes”, diz Tolomei.

Dentre os incentivos relacionados à formação dos colaboradores, estão as aulas de inglês in company – disponíveis a todos os colaboradores que atuam em um dos quatro escritórios do país. Já no caso de colaboradores alocados em clientes, o benefício é revertido ao pagamento de 70% da mensalidade do curso externo, independentemente da escola escolhida.

Segundo Valeska Cabrera, gerente de recursos humanos, por se tratar de uma multinacional americana, a fluência no inglês é muito importante para o time de serviços compartilhados. Ela conta que, além de incentivar as aulas contínuas de inglês, a companhia também oferece bolsas de auxílio à educação a todos os colaboradores, incluindo um subsídio de até 70% do valor total da mensalidade de cursos técnicos, certificações, graduações, extensões universitárias e pós-graduações – desde que estejam ligados diretamente à área de TI ou às respectivas funções profissionais.

Comentários

Notícias Relacionadas

Copyright 2017 IT Mídia. Todos os direitos reservados.
É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da IT Mídia.