Vaivém: as principais movimentações no comando das empresas de TI em 2016

Vaivém: as principais movimentações no comando das empresas de TI em 2016

IT Forum 365 reuniu lista com a "dança das cadeiras" do mercado durante o ano

O ano foi de mudanças para muitas empresas do setor de TI e Telecomunicações. Desde fornecedores, como Intel, Oracle e Huawei a operadoras, como TIM e Vivo, a liderança dos negócios no Brasil foi renovada. Até mesmo a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) entrou na “dança das cadeiras” e trocou o comando.

O IT Forum 365 relembra algumas das principais mudanças na lista abaixo.

Telefônica Vivo
Amos Genish anunciou em outubro que deixaria a presidência da companhia. Em seu lugar, Eduardo Navarro, então diretor comercial da divisão digital da companhia, assumiu a posição e tomou posse em novembro, cerca de 40 dias antes do previsto, que era janeiro de 2017.

TIM
O comando da TIM no Brasil foi restruturado. Em maio, o Conselho de Administração da empresa apresentou o italiano Stefano de Angelis como novo diretor-presidente após término do mandato de três anos de Rodrigo Abreu.

Cisco
Dias após deixar a presidência da CA, Laércio Albuquerque assumiu a liderança da Cisco no Brasil, em abril. A companhia estava sem presidente efetivado no País desde novembro de 2015, quando Rodrigo Dienstmann havia deixado o cargo.

Intel
Em setembro, a Intel anunciou nova direção para o Brasil: Maurício Ruiz substituiu David González no comando das operações no País. González ficou à frente por dois anos e seguiu para nova empreitada dentro da própria empresa, nos EUA.

IBM
José Décurnex, então gerente-geral da IBM América Latina, deixou a posição e quem assumiu sua cadeira foi Rodrigo Kede. O executivo havia deixado a IBM para assumir a Totvs em 2015, mas voltou à empresa onde iniciou carreira como estagiário em 1993.

Oracle
A Oracle também teve mudanças no comando no Brasil. Cyro Diehl, que ocupou o cargo de presidente desde 2009, deixou a companhia. Em seu lugar, Luiz Meisler, então vice-presidente-executivo para América Latina, assumiu a liderança da operação no País, acumulando a posição anterior.

Huawei
A Huawei informou ao mercado, em outubro, o novo líder para as operações no Brasil. Wei Yao assumiu como CEO sucedendo Jason Zhao, que permaneceu na função por mais de dois anos e seguiu para uma nova posição na Huawei China.

Salesforce
Renato Morsch, que respondia pelas vendas corporativas da Salesforce para a América Latina, deixou a empresa, em abril, depois de um ano e meio no cargo.

Capgemini
A Capgemini apontou, em novembro, a chegada italiano Maurizio Mondani como líder da operação da empresa no Brasil. O executivo sucede Paulo Marcelo, que deixou a empresa para assumir a Resource.

Resource
Após deixar a Capgemini no Brasil, pouco mais de um mês depois Paulo Marcelo foi anunciado como novo líder da Resource. O executivo assume o cargo de CEO no dia 10 de janeiro de 2017 e será responsável pelas operações no Brasil e no exterior. O fundador da Resource, Gilmar Batistela, deixa a presidência-executiva para atuar como chairman, com foco na estratégia de internacionalização da empresas, inovação e aquisições.

Motorola Solutions
Elton Borgonovo assumiu em abril o cargo de country manager e diretor para operações locais da companhia. O executivo ocupa o cargo deixado por Paulo Cunha, que estava à frente da operação Brasil, e deixou a companhia para seguir uma nova oportunidade.

Accenture
A Accenture elegeu Leonardo Framil como CEO para Brasil e América Latina. O executivo assumiu o posto em 1º de janeiro no lugar de Roger Ingold, que estava à frente da companhia desde 2004.

Avaya
Após três anos como diretor de operações, Marcio Rodrigues foi anunciado, em abril, como novo presidente da Avaya no Brasil. Ele substitui Carlos E. Bertholdi, que passou a responder como diretor-geral de vendas de serviços estratégicos para Américas Internacional, englobando América Latina e Canadá.

Facebook
O Facebook anunciou, em abril, Marcos Angelini como novo country manager da empresa para o Brasil. No cargo, o executivo é responsável por liderar o time de vendas de alto desempenho.

Autodesk
A Autodesk, em agosto, comunicou a cegada de Sylvio Mode como novo diretor-geral da empresa para o Brasil, assumindo a liderança de toda operação no País. O executivo, que iniciou suas atividades na Autodesk em julho, tem como principal objetivo dar continuidade à mudança no modelo de negócios da empresa que passou a vender produtos por meio de assinaturas.

Anatel
Após João Rezende renunciar o cargo no dia 29 de agosto, o Diário Oficial da União publicou no dia 06/10 a nomeação do engenheiro eletricista Juarez Quadros para a presidência da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Além de presidente, Quadros também é conselheiro.

Comentários

Notícias Relacionadas

Copyright 2017 IT Mídia. Todos os direitos reservados.
É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da IT Mídia.