Embarque mundial de smartphones salta 4,3% no primeiro trimestre

Consultoria IDC espera retomada do mercado neste ano

De acordo com resultados preliminares da IDC, as empresas de smartphones embarcaram um total de 347,4 milhões de aparelhos em todo o mundo no primeiro trimestre de 2017. À luz do que pode parecer um mercado em desaceleração, os consumidores continuam a mostrar interesse por smartphones, avalia a consultoria. As vendas mundiais de smartphones cresceram 4,3% no período avaliado, algo ligeiramente superior à previsão anterior da IDC de 3,6% de crescimento.

“Os resultados dos smartphones do primeiro trimestre provam ainda que a indústria de smartphones não está morta e que o crescimento ainda existe”, diz Ryan Reith, vice-presidente de programas do estudo. Segundo ele, não há dúvidas de que 2016 foi um ano crucial para a indústria, uma vez que o crescimento caiu para um único dígito pela primeira vez. “Acreditamos, contudo, que a indústria apresentará alguma recuperação em 2017 e os fortes resultados do primeiro trimestre certamente apoiarão esse argumento. Além do que foi lançado no primeiro trimestre de 2017, os grandes anúncios da Huawei com os dispositivos P10 e Samsung com os dispositivos Galaxy S8 mostram que a inovação ainda é possível”, completou.

Segundo a IDC, os maiores catalisadores do salto vêm da China. Anthony Scarsella, gerente da pesquisa, aponta que aApesar de toda a popularidade e hype em torno de dispositivos premium, o mercado continuará a testemunhar uma mudança no portfólio de empresas voltadas para dispositivos acessíveis com estilo premium em comparação com modelos emblemáticos.

“Empresas começaram a implementar uma única linguagem de design premium entre o high-end e o low-end, permitindo que o consumidor médio invista em um novo smartphone”, finaliza Scarsella.

Comentários

Notícias Relacionadas

Copyright 2017 IT Mídia. Todos os direitos reservados.
É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da IT Mídia.