App ‘Hora do Remédio’ conectado à wearable ganha hackathon na Campus Party

App ‘Hora do Remédio’ conectado à wearable ganha hackathon na Campus Party

Solução criada por estudante de São Paulo auxilia idosos a tomarem remédios de forma correta

A Campus Party chegou ao fim no sábado (7/2) e os vencedores do desafio que incentivava o desenvolvimento para Internet das Coisas (IoT, na sigla em inglês) com hackathon foram conhecidos. Para criar as soluções, a Telefônica Vivo ofereceu aos campuseiros um kit wearable dentro de uma pulseira com sensores e bateria recarregável, que podia ser conectado ao smartphone por meio de Bluetooth.

Na competição, o primeiro lugar ficou com Ezequiel França dos Santos, de São Paulo, autor do projeto ‘Hora do Remédio’, que auxilia idosos a tomarem remédios de forma correta. “Oito em cada dez idosos tomam algum tipo de medicamento. Na farmácia existe uma confusão de embalagem e cores. Para o idoso, gerenciar isso é um problema”, explicou Santos.

Como funciona o Hora do Remédio? Um app manda notificações via push para um wearable, que recebe uma notificação e acende um LED correspondente a cada remédio que precisa ser ingerido.

A segunda posição ficou com a dupla Pedro Jaloto e Renan Lino, de São Paulo, que desenvolveu uma solução para segurança de notebooks, batizada de ‘Notebook Watchdog’. A tecnologia monitora o notebook em cima de uma base evitando furtos, usando radiofrequência.
 
Já o grupo formado por João Neto, Vitor Fernandes e Ramon Valeriano, da Bahia, levou o terceiro lugar. Eles desenvolveram o ‘Fisiogame’, gamefication de exercícios de fisioterapia. Com o dispositivo wearable, os gestos dos pacientes são captados e mostrados em um jogo projetado em uma tela. 

Os ganhadores levaram como prêmios tablets e kits de desenvolvimento completos.
Comentários

Notícias Relacionadas

Copyright 2017 IT Mídia. Todos os direitos reservados.
É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da IT Mídia.