3 tendências que impactarão a economia compartilhada

Estudo identifica temas em que estarão as mudanças futuras

Qual o futuro da economia compartilhada? Para identificar algumas tendências, a Mastercard anuncia um novo whitepaper em que aborda os desafios e as oportunidades futuras para o tema, com base em uma pesquisa que examinou a situação atual e a perspectiva futura da economia de compartilhamento.

O documento, denominado A Economia Compartilhada: Compreendendo as Oportunidades de Crescimento, investiga os detalhes do ecossistema socioeconômico que capacita as pessoas a compartilhar alojamento, transporte, compra ou venda de bens, serviços profissionais sob demanda e compartilhamento ou aluguel de bens.

“A economia de compartilhamento está experimentando um nível de crescimento extraordinário, transformando a forma fundamental que as indústrias operam e que as pessoas experimentam uma variedade de coisas,” disse Mark Barnett, Presidente da Mastercard GB & Irlanda.

“Este relatório foi projetado para nos ajudar a entender as oportunidades e os desafios de hoje e nos ajudar a desbloquear o potencial desse fenômeno de crescimento rápido. Ele não só aborda os desafios que a economia compartilhada enfrenta, como fornece soluções tangíveis a tais desafios e esclarece o futuro dessa economia empolgante e de rápido crescimento.”

O estudo identificou três temas em que as mudanças futuras impactarão a economia de compartilhamento.

1. Melhor confiança e transparência
A confiança continua a ser o facilitador crítico da economia compartilhada e tem o potencial de crescer, à medida que o setor expande e as pessoas ficam mais confortáveis com a grande variedade de produtos e serviços que a economia compartilhada alcança.

Mas a confiança só pode ser realmente conquistada com melhorias em tecnologia e através de avanços na abordagem regulatória e sofisticação da classificação peer to peer.

À medida que a sociedade se adapta a novos modelos de comércio, a regulação e os negócios precisarão se unir para passarem de uma postura reativa à proativa, protegendo melhor os consumidores, os provedores e as plataformas. Isso proporcionará tanto uma rede de segurança social, como também criará maior valor para todos os participantes.

2. Experiência aprimorada
Uma experiência de usuário aprimorada é vital para o crescimento e a expansão da economia de compartilhamento e é o que os líderes precisam conseguir para engajar seus clientes, desenvolver mais e manter a legitimidade.

Para fazer isso, as plataformas devem abraçar a multidão (feedback de usuário), fornecer transações sem conflitos e seguras, e entender a importância e o controle de dados pessoais, a fim de permitir que o indivíduo tenha maior controle. Paralelamente aos avanços tecnológicos, nunca devemos perder o lado humano.

3. Acesso ao valor
Conforme novas formas de acesso surgem, maior valor será entregue aos consumidores e às organizações. Este acesso será movido pela tecnologia, que revela novo valor através do aumento do uso e da redução de custo de acesso.

Exemplos disso incluem Blockchain, Internet das Coisas (IoT) e Inteligência Artificial (IA), que se usados totalmente, podem impulsionar a mudança de estática para ativa: quanto mais objetos e pessoas se interconectam, a oportunidade de compartilhar e se beneficiar do acesso aumenta.

Olhando para o futuro, o relatório encerra com as conclusões de que garantir a confiança e a reputação, melhorar a experiência e criar maior valor são todos essenciais para o crescimento da economia compartilhada.

A Mastercard está trabalhando para garantir que cada um de nossos produtos, soluções e serviços seja tão digital como as pessoas que os usam em todo o mundo. Estamos criando formas ricas, inovadoras, atraentes e seguras de pagar e receber pagamentos em todos os canais e dispositivos, redefinindo o comércio globalmente.

Nossa abordagem, somada aos avanços na tecnologia, nos permite junto com nossos parceiros a criar experiências mais intensas e inteligentes para melhorar a forma como as pessoas vivem, como as empresas crescem, como as cidades funcionam e como construímos a confiança num mundo digital.

Comentários

Notícias Relacionadas

Copyright 2017 IT Mídia. Todos os direitos reservados.
É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da IT Mídia.