No mundo digital

No mundo digital, CIOs precisam ajudar a tornar o negócio mais rápido

Cinco dicas da Forrester de mudanças para oferecer velocidade sem sacrificar a qualidade

Muitas empresas acreditam que sua estratégia de negócios digital trata-se de um roteiro, ou uma série de projetos de TI. Ser digital é uma capacidade – em seu negócio, afeta a cultura, as métricas, a organização, as habilidades e, finalmente, a tecnologia. Como CIO, um dos papéis mais importantes atualmente é ajudar a tornar o negócio mais rápido – removendo pontos de atrito dos processos e permitindo que novos recursos sejam desenvolvidos conforme exigido pelo cliente, parceiros e stakeholders do negócio.

Muitas vezes a tecnologia é um dos (muitos) estrangulamentos na capacidade de atender rapidamente as necessidades do cliente ou responder a novas ameaças competitivas. A análise é de Tim Sheedy, analista da Forrester, publicada em seu blog.

Sheedy conta que recentemente teve a oportunidade de reunir-se com alguns líderes de tecnologia em Sydney, na Austrália, discutindo a necessidade de qualidade ao entregar resultados de negócios digitais. O analista concluiu que, com a crescente necessidade de velocidade, muitas empresas sacrificam a qualidade pela velocidade. “Isto é ok – até certo ponto -, mas também há muitas empresas com suas próprias histórias de horror de entregar um aplicativo móvel instável, um site lento ou um produto conectado/inteligente que não funciona como planejado. Pode levar anos para se recuperar de comentários negativos e classificações ruins de aplicativos para dispositivos móveis, e os produtos de baixo custo podem custar milhões ao atendimento contínuo ao cliente”, conta Sheedy.

Como todos os outros grupos da empresa, a equipe de qualidade precisa de uma nova cultura, novas métricas, novas habilidades, nova estrutura e novas tecnologias. Algumas empresas estão usando as empresas externas para ajudar a impulsionar esta mudança, enquanto outros estão fazendo a transformação em si. Sheedy indica cinco mudanças para oferecer velocidade sem sacrificar a qualidade:

1. Organize os testes de forma enxuta
2. Utilize os testes “shift-left and shift-right”
3. Construa uma prática para testar habilidades
4. Reduza os testes manuais em favor da automação
5. Automatize o provisionamento de dados e ambientes de teste

Comentários

Notícias Relacionadas

Copyright 2017 IT Mídia. Todos os direitos reservados.
É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da IT Mídia.