Campanha Salarial do setor de TI de SP: TRT apresenta proposta de conciliação

Proposta feita pela Justiça representa ganho financeiro de 7,05% sobre o salário mensal dos trabalhadores

A Campanha Salarial do setor de TI do Estado de São Paulo teve mais um capítulo nesta segunda-feira (13/03). Após o pedido de dissídio apresentado pelo Seprosp (sindicato das empresas)Sindpd (Sindicato dos Trabalhadores em Processamento de Dados e Tecnologia da Informação do Estado de São Paulo) e comissão patronal se reuniram para a primeira audiência de conciliação, realizada no Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 2ª Região. Na ocasião, o TRT apresentou às duas partes uma proposta de conciliação que prevê a correção da inflação do ano passado além de um abono.

O reajuste proposto foi de 6,29% (IPCA) a partir de 1º de janeiro, com um acréscimo de abono de 10% a ser pago em agosto. O índice representa um ganho financeiro de 7,05% sobre o salário mensal da categoria, o que agradou ao Sindpd. Também prevalece, neste caso, a manutenção das cláusulas acordadas previamente, incluindo a obrigatoriedade de as empresas negociarem o pagamento da PLR, auxílio-creche de 35% e vale-refeição de R$ 17,50, entre outros pontos.

As partes solicitaram ao TRT a suspensão do processo de dissídio coletivo até o dia 23 de março, para que possam tomar uma decisão até esta data. A comissão patronal representada pelo Seprosp deverá levar a proposta feita pelo Tribunal para uma assembleia formada pelas empresas.

Comentários

Notícias Relacionadas

Copyright 2017 IT Mídia. Todos os direitos reservados.
É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da IT Mídia.