Nova chamada Brasil/União Europeia recebe 50 propostas em nuvem, IoT e 5G

Número representa aumento de 28% em relação ao edital anterior

A 4ª Chamada Coordenada Brasil – União Europeia, com foco em pesquisa em Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC), recebeu 50 propostas, número que representa aumento de 28% em relação ao edital anterior e superou as expectativas

Do total, 33 projetos são em internet das coisas, 13 em computação em nuvem e 4 em redes 5G.

O coordenador de projetos do Centro de Pesquisa e Desenvolvimento em Tecnologias Digitais para Informação e Comunicação da Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP), Wanderson Paim, destaca que, geralmente, os consórcios são compostos por uma média de cinco instituições brasileiras e outras cinco europeias, que devem se coordenar para escrever uma proposta com cerca de cem páginas, incluindo um breve resumo dos pesquisadores proponentes.

“Os desafios começam desde a formação do consórcio, que depende dos interesses, escolha dos temas e foco das propostas, até a escrita e formatação adequadas. É um trabalho conjunto que exige grande esforço dos coordenadores”, explicou.

Segundo ele, os resultados devem ser divulgados até julho, e a execução dos projetos deve começar em janeiro de 2018. Na atual Chamada Coordenada, Brasil e União Europeia vão investir 16 milhões de euros em seis projetos com duração de três anos. O objetivo é incentivar o avanço tecnológico e a inovação, além da qualificação de recursos humanos.

*Com informações do MCTIC

Comentários

Notícias Relacionadas

Copyright 2017 IT Mídia. Todos os direitos reservados.
É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da IT Mídia.