Home > Notícias

10 megatendências para 2025, como supervisão e viver com bots

Global Industry Vision, relatório da Huawei, prevê o desenvolvimento tecnológico e industrial até o ano de 2025.

Wellington Arruda

21/08/2019 às 16h05

Foto: Shutterstock

O que você espera da tecnologia para 2025? De acordo com a nova edição do Global Industry Vision (GIV), relatório da Huawei, as expectativas são altas.

O objetivo do estudo é "dar continuidade às previsões de desenvolvimento tecnológico e industrial até o ano de 2025", diz a empresa em comunicado.

Para torná-lo possível, foram utilizados dados quantitativos da própria Huawei e casos de uso do mundo real. Tudo, claro, relacionado ao modo como a tecnologia inteligente tem transformado os setores.

Julio Sgarbi, diretor de consultoria da Huawei Brasil, diz que cenários de filmes de ficção científica se tornarão realidade. Para ele, estamos "olhando para o futuro, mudando de inovação para invenção."

Como exemplo, Sgarbi diz que em alguns países já podem ser observadas tais mudanças "na vida, no trabalho e na sociedade". Estas transformações acontecem, segundo ele, à medida que as indústrias adotam "inteligência artificial, 5G, computação em nuvem e outras tecnologias emergentes".

As 10 megatendências

O relatório GIV prevê tendências tecnológicas até 2025. Elas refletem, basicamente, com o que já vem sendo discutido, como o uso mais frequente de robôs e afins.

Estas megatendências, como são chamadas, estão atreladas ao nosso modo de viver e trabalhar. Isto, claro, tendo em vista que a automação está se tornando mais ampla.

1) Viver com Bots: o relatório prevê uma taxa de penetração global de robôs domésticos de 14% até lá. Isso inclui avanços na ciência material, inteligência artificial perceptual e tecnologias de rede.

2) Super visão: a união do 5G com realidade virtual/realidade aumentada vai nos permitir "ver além da distância, da distorção, da superfície e da história". Isso será possível também graças ao aprendizado de máquina e outras tecnologias emergentes.

Segundo o GIV, 10% a mais das empresas usarão esse tipo de tecnologia no futuro. Isso deverá abrir novas perspectivas para pessoas, negócios e cultura.

3) Zero Busca: no futuro, as informações nos encontrarão. Dados e sensores integrados deverão antecipar nossas necessidades e as buscas serão livres de botões. Ah, as redes sociais pessoais serão criadas "sem esforço" e zero manutenção de pesquisa para a indústria.

Segundo o GIV, 90% dos proprietários de dispositivos inteligentes usarão assistentes pessoais inteligentes.

4) Ruas Adaptadas: em 2025, 15% dos veículos terão a tecnologia de veículo conectado a tudo via rede móvel – ou Cellular Vehicle-to-Everything, em inglês. Os sistemas inteligentes de transporte deverão conectar pessoas,  veículos e infraestrutura. Isso se traduz em: congestionamento zero e resposta rápida a emergências, por exemplo.

5) Trabalhando com Bots: a automação assumirá tarefas mais perigosas, repetitivas e de alta precisão. Segundo o GIV, a estimativa é de que teremos 103 robôs na indústria para cada 10 mil funcionários.

6) Criatividade Aumentada: sabe a inteligência artificial em nuvem? Ela será a responsável por reduzir o custo e a barreira de entrada para a experimentação científica, inovação e arte. Segundo prevê o relatório, esta será uma "mina de ouro do potencial criativo que está disponível para todos".

O GIV ainda aponta que 97% das grandes empresas terão implantado inteligência artificial. No setor automotivo, esse processo, interligado à transformação digital, ainda dá passos curtos.

7) Comunicação sem atrito: com a união de inteligência artificial e big data, será criada a "comunicação perfeita" entre empresas e clientes". Isso quebrará as barreiras de linguagem atingindo mais precisão, compreensão e confiança para sustentar as comunicações do futuro.

No GIV, está previsto que as empresas utilizarão 86% dos dados que produzem.

8) Economia Simbiótica: tecnologia digital e aplicativos inteligentes resultarão em maior colaboração, compartilhamento de recursos, ecossistemas globais mais fortes e maior produtividade.

"O GIV prevê que todas as empresas em todos os lugares usarão a tecnologia de nuvem e 85% dos aplicativos de negócios serão baseados em nuvem."

9) Lançamento rápido do 5G: com o avanço do 5G e seu potencial enorme, o desafio é grande pela frente. Mas, segundo o GIV, em 2025 cerca de 58% da população já terá acesso à tecnologia.

10) Governança Global Digital: o que trará equilíbrio aos avanços na tecnologia digital serão padrões e princípios de dados compartilhados. Segundo o IGV, o volume anual de dados globais deve atingir 180 ZB (1 ZB é relativo a 1 trilhão de GB).

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail