Home > Notícias

5 profissões em alta em TI em 2020

Guia Salarial da Robert Half revela talentos que serão altamente cobiçados pelas empresas na área no próximo ano

Redação

06/11/2019 às 8h14

Foto:

O mercado de tecnologia da informação (TI) está aquecido. Dados do Guia Salarial Robert Half 2020 indicam que novas tecnologias e a conexão cada vez mais próxima entre TI e negócios têm acelerado demandas na área.

Segundo a empresa, estarão em destaque os talentos inseridos no mundo da Metodologia Ágil e que buscam conhecimentos por conta própria. Isso se explica pelo fato de que novas tecnologias e linguagens surgem muito antes das necessidades se instalarem nas empresas e os profissionais têm que se pautar no conhecimento teórico adquirido para se destacarem no dia a dia de trabalho.

Abaixo, confira as cinco profissões que estarão em alta na área, segundo a empresa.

1. Gerente de TI

O gerente de TI nunca esteve tão em evidência, um talento altamente demandado na era digital. Segundo a Robert Half, em 2020, esse profissional mais generalista deverá ganhar entre R$ 15.450 e R$ 31.450 no nível mais sênior.

2. Desenvolvedor

A demanda por desenvolvedores cresce de forma acelerada no mundo digital e o profissional que atua como full stack tem se destacado e terá grandes oportunidades no próximo ano. Um talento, que segundo o Guia Salarial, poderá ganhar de R$ 3,1 mil em fase inicial no nível júnior até R$ 15.750 no nível de maior experiência sênior.
Os desenvolvedores mobile continuam com tudo. Eles podem ganhar, no nível sênior, de R$ 7,7 mil a R$ 15,750 em média.

3. Cientista de Dados

Os dados são o petróleo das empresas. Segundo projeção do Gartner, mais de 40% das tarefas de Ciência de Dados serão automatizadas até 2020, resultando em um aumento de produtividade e maior uso de dados pelos profissionais chamados citizen data scientists.

Os cientistas de dados ganharão, em média, no próximo ano de R$ 13,1 mil a R$ 26,7 mil.

4. Chief Technology Officer (CTO)

À medida que as empresas continuam adotando e baseando seus negócios em tecnologia, o papel do CTO se tornará a base de uma organização, acreditam analistas de mercado. Para alguns, inclusive, potencialmente, se tornando o CEO de amanhã. As funções e as responsabilidades atuais do CTO se tornarão habilidades essenciais para todo futuro CEO.

Esse talento, cada vez mais demandado, deverá ganhar entre R$ 24,7 mil a R$ 50,3 mil, em média.

5. Segurança da Informação (todos os níveis)

Os ataques virtuais saltam dia após dia, demandando atenção especial das empresas sobre o tema. De auditor/compliance, passando por analista de segurança até coordenador de segurança, todas essas carreiras serão bastante demandas em 2020. Um auditor júnior poderá ganhar entre R$ 3.450 e R$ 7.050. Já um analista sênior de segurança deverá ter seu salário em torno de R$ 7.750 e R$ 15.750, segundo projeções da Robert Half. Um coordenador de segurança da informação deverá ganhar entre R$ 11,3 mil e R$ 18 mil.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail