Home > Colunas

7 erros na implantação da transformação digital

Empresas que ainda não iniciaram o processo de transformação digital estão condenadas à trivialidade.

*Christina Iacobucci

05/11/2019 às 16h36

Foto: Shutterstock

A transformação digital não é mais opcional. Empresas que ainda não iniciaram o processo estão condenadas à trivialidade. Entretanto, na ansiedade de não ficar para trás nessa corrida digital, muitas companhias terminam cometendo erros básicos ao longo da mudança.

Confira agora sete erros que a sua empresa não deve cometer na hora de fazer a transformação digital:

1. Jogar toda a responsabilidade na área de TI

É claro que a transformação digital demanda um intenso trabalho de planejamento e operacionalização da área de Tecnologia da Informação. Entretanto, colocar toda a responsabilidade nesse setor é um grande erro.

A transformação não envolve apenas a implantação de novas tecnologias e procedimentos. Ela envolve também uma mudança de mindset que deve envolver todos os setores da empresa. Sem isso, a empresa será mais uma companhia com tecnologias inovadoras, mas métodos ultrapassados.

2. Ignorar que os fornecedores fazem parte da transformação digital

A mudança de cultura da companhia, necessária para o sucesso da transformação digital, envolve muito mais do que a mudança de métodos e inovação. Ela envolve todo o ecossistema digital em que a empresa está inserida.

Assim, todos os públicos com quem a companhia se relaciona devem ser impactados por essa transformação. E, dentro desse público, estão os fornecedores. A relação deve ser adaptada ao mundo digital.

Defina metas, ferramentas de controle e contratos flexíveis com Service Level Agreement (SLA). Uma relação moderna, exigente e cordial com os fornecedores aumenta a competitividade da empresa.

3. Desperdiçar informações

Certamente sua empresa tem um programa de redução de desperdícios. O que você pode não estar percebendo é que, dentre esses desperdícios, está um mais importante do que o papel ou a energia elétrica: o desperdício de informações.

A análise de dados, como comportamentos e perfis dos clientes, é fundamental para que sua empresa realize ações de aquisição e fidelização. Não ignore essas oportunidades.

4. Achar que no mundo digital vale tudo

Por falar em análise de dados, essa nova realidade digital também levanta questões éticas e morais sobre o uso das informações obtidas sobre os clientes.

O escândalo da Cambridge Analytica demonstra que o uso correto dos dados é pré-requisito para evitar que as informações sejam usadas como meras ferramentas de manipulação.

Trate os dados como bens que devem ser protegidos e usados com responsabilidade.

5. Ignorar as novas legislações com impacto global

Você sabe o que é GDPR? Se você não sabe, então muito provavelmente sua empresa está quebrando alguma lei.

A General Data Protection Regulation (GDPR) é uma legislação adotada pela União Europeia que regulamenta a maneira com que as empresas de todo o mundo obtêm e protegem os dados dos residentes no continente europeu.

Quem não se adaptar à nova legislação pode ser obrigado a pagar multas pesadas, capazes de desestabilizar o negócio.

6. Acreditar que a inovação vem apenas da tecnologia

A tecnologia certamente ajudará sua empresa a se tornar mais competitiva e ágil, mas ela sozinha não faz nada. É preciso que os operadores também tenham um mindset digital.

Por isso, é a participação das pessoas na transformação digital que determinará o sucesso ou o fracasso da mudança.

7. Ter medo de errar

Esse é o maior erro: o medo de errar. Muitas empresas não conseguem começar a transformação digital por receio de desperdiçar recursos em algo que não vai dar certo.

Erre, analise, ajuste e repita. Ao final do processo, sua empresa terá muito mais oportunidades de lucro e de crescimento. É um investimento que definitivamente vale a pena.

*Por Christina Iacobucci, Service Designer do Garage Criativa

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail