Home > Notícias

84% das empresas brasileiras não estão prontas para a LGPD

Pesquisa da ICTS Protiviti, realizada entre agosto e novembro, aponta ainda que maioria são micro e pequenas empresas

Redação

18/11/2019 às 19h46

Empresas prontas para GDPR têm menos risco de violação de dados
Foto: Shutterstock

Uma pesquisa realizada pela ICTS Protiviti indica que 84% das empresas brasileiras não estão preparadas para a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD).

A amostra foi retirada a partir de pesquisa com 104 empresas entre 10 de agosto e 10 de novembro. Foram entrevistadas organizações de diferentes portes, setores e regiões do País.

A pesquisa ainda indica que 12,5% das empresas entrevistadas já realizaram um mapeamento de riscos de segurança e proteção de dados. Isto considerando uma ação primária de adequação à lei, que deve entrar em vigor em agosto de 2020.

Já 17,3% das respondentes se dizem preparadas para fazer a gestão da privacidade de dados por seus fornecedores e parceiros.

Quando questionadas sobre o desenvolvimento de políticas e normativas sobre a LGPD, 41,3% das companhias dizem já terem produzido conteúdo do tipo.

Jefferson Kiyohara, especialista em LGPD e diretor da compliance na ICTS Protiviti, diz que "é preocupante que as organizações tenham realizado o desenvolvimento de políticas de segurança sem antes terem mapeado seus riscos ligados ao não cumprimento da norma". Para ele, "é como iniciar uma viagem sem ter clareza sobre o destino".

Na pesquisa, 33% das respondentes são de grande porte; 27,5% são médias corporações; enquanto 39,6%, a maioria, são micro e pequenas empresas.

Os setores participantes foram de varejo, construção, saúde, educação, telecomunicação, tecnologia da informação, indústria e outros nichos econômicos.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail