Home > Notícias

AI lidera estratégia da Atos para extração de alto valor dos dados

Empresa francesa quer levar mais inteligência aos negócios dos clientes com solução inovadora apoiada na tecnologia

04/07/2018 às 9h24

Foto:

Projeções do instituto de pesquisas Gartner indicam que inteligência artificial (AI, na sigla em inglês) deverá gerar US$ 2,9 trilhões em novas oportunidades para as empresas até 2021, assim como recuperar 6,2 bilhões de horas de produtividade perdida com atividades repetitivas. AI é, sem dúvidas, o novo filão do mercado.

A Atos, empresa francesa de tecnologia, quer fazer parte desse mercado. “Nossa estratégia está focada em inteligência artificial e já temos muitas parcerias nesse campo”, disse Thierry Breton, chairman e CEO global da Atos, na abertura do Atos Tech Days, realizado em Paris, na França. “Acreditamos que temos expertise para avançar em AI”, completou.

Ele afirmou que a empresa está cada vez mais tecnológica e os últimos meses foram de trabalho intenso para a companhia, que passou a investir pesado em machine learning, high performance computing (HPC), blockchain, internet das coisas (IoT), nuvem e pagamentos 2.0.

Para sofisticar sua oferta na área, a empresa lançou o Atos Codex AI Suite. A promessa desse software é extrair mais valor dos dados, oferecendo oportunidades únicas de negócios, reforçou Breton.

Segundo a empresa, a solução aproveita aprendizado de máquina e recursos de aprendizado profundo para promover uma nova geração de aplicativos de AI, capazes de detectar, raciocinar, agir e adaptar-se a uma série de desafios científicos, industriais e empresariais, em áreas como medicina, segurança digital, cidades inteligentes e data centers inteligentes e autônomos.

Entre os benefícios da tecnologia estão aceleração de time to market, desempenho, convergência com HPC e capacidade de rodar em múltiplos ambientes de nuvem. “Estamos criando valor para o futuro”, apontou o executivo.

Aliança com Google

Uma das frentes para acelerar iniciativas em inteligência artificial colocada em prática pela Atos é a parceria com o Google. A aliança, anunciada em abril deste ano, inclui a criação de soluções seguras em áreas como nuvem híbrida, análise de dados, ambiente de trabalho digital e aprendizado de máquina.

Para acelerar a disponibilidade de produtos para os clientes, a Atos estabeleceu laboratórios de coinovação e centros de P&D no Reino Unido, onde 15 engenheiros especialistas das duas empresas já estão atuando lado a lado. França e Estados Unidos serão os próximos espaços com essa proposta.

Computação quântica

Outra forte aposta da empresa é na computação quântica. Mais poderosa do que a computação tradicional, ela é medida por qubit, versão quântica dos bits tradicionais. Nessa frente, recentemente, a empresa lançou o Atos Quantum Learning Machine. A tecnologia possui agora recursos avançados de modelagem de hardware quântico, como simulação realística de ruído qubit com base na física e otimização de software quântico para processadores quânticos reais.

Parece grego, mas traduzindo significa que ela tem muito mais poder, ajudando a processar dados com rapidez e precisão. Segundo a empresa, a Universidade de Ciências Aplicadas de Upper Austria está no momento usando a máquina para contribuir com análise e desenvolvimentos de algoritmos necessários para melhorar os processos criptográficos do Departamento de Sistemas de Informação Segura da escola.

*A jornalista viajou a Paris, na França, a convite da Atos

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail