Home > Notícias

Após reformulação, Xiaomi projeta US$ 14,5 bi em vendas em 2017

Guilherme Borini

13/01/2017 às 13h41

Após reformulação
Foto:

Após uma chegada promissora ao mercado, a fabricante de produtos eletrônicos Xiaomi busca retomar o caminho o rumo certo para o sucesso. Após período de restruturação em 2016, a companhia chinesa almeja vendas em 2017 de mais de US$ 14,5 bilhões.

A projeção é do presidente-executivo Lei Jun, conforme informado pela agência de notícias Reuters. "O pior já passou", disse Lei em uma reunião anual em Pequim.

Após ter sido considerada até mesmo a startup mais valiosa do mundo e almejar fazer frente a Apple, a Xiaomi tropeçou no próprio crescimento e deixou o ranking das cinco maiores fabricantes de smartphones em 2016. Ela chegou a alcançar o segundo lugar em 2015.

A empresa afirma que fez ajustes em diversas áreas de negócios, que visam aumentar a presença com lojas físicas e avançar em negócios no exterior. Os planos são abrir cerca de 200 novas Mi Home (hoje são 54), além de mais de mil lojas ao longo dos próximos três anos.

Tags
Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail