Home > Notícias

Atraso na entrega de projetos de mobilidade revela falta de profissionais no setor

Déborah Oliveira

19/01/2015 às 15h59

Atraso na entrega de projetos de mobilidade revela falta de profissionais no setor
Foto:

A demanda por aplicativos móveis está em alta, mas o mercado registra um atraso significativo na criação de projetos de mobilidade, gerando a incapacidade de atender às demandas e afetando diretamente a receita das empresas. A conclusão é de um estudo encomendado pela OutSystems à companhia de pesquisa Opinion Matters.

Realizado com 228 diretores e gerentes de desenvolvimento de aplicativos de empresas dos Estados Unidos e do Reino Unido, o estudo constatou que o grande desafio é encontrar desenvolvedores capacitados, profissionais em falta do mercado e cada vez mais caros. “A pesquisa comprova essa escassez de mão de obra qualificada, quando revela que apenas 6% dos entrevistados afirmaram que possuem todas as habilidades necessárias para o desenvolvimento de aplicativos móveis”, afirma Paulo Rosado, CEO da OutSystems.

O levantamento aponta que 63% dos entrevistados possuem entre 11% e 25% de vagas abertas para desenvolvedores de acordo com o tamanho atual da equipe e 29% tiveram aumento de 26% a 50% de vagas abertas. Uma porcentagem muito pequena (6%) apontou que não há vagas abertas por dificuldade em contratar profissionais capacitados, o que significa que a grande maioria (94%) sofre com essa dificuldade.

Entre as principais habilidades requisitadas para a contratação dos profissionais da área são: conhecimento em Java (31%), JavaScript (19%) e .NET (17%).

O cenário é preocupante, já que a demanda é crescente. De acordo com o levantamento, nos últimos 12 meses, 95% dos entrevistados gerenciam entre um e dez projetos. Sobre os objetivos das novas iniciativas para a criação de aplicativos móveis os três primeiros citados foram: gerar receita (64%), melhorar a experiência de mobilidade em aplicativos existentes (58%) e aperfeiçoar a experiência do cliente (52%).

O estudo indica que mais da metade dos entrevistados (51%) levam, em média, de três a seis meses para o desenvolvimento e a entrega de um aplicativo móvel completo. Seis por cento dos entrevistados precisam de um ano.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail