Home > Notícias

Banco Original abre APIs para integrar serviços financeiros a aplicativos

Guilherme Borini

05/10/2016 às 10h13

Banco Original abre APIs para integrar serviços financeiros a aplicativos
Foto:

O Banco Original lançou uma nova plataforma que permite a integração de diversos aplicativos com os serviços do banco por meio da abertura de APIs (na sigla em inglês, Interface de Programação de Aplicativos). Com o Open Banking, correntistas poderão ter acesso a informações bancárias por meio de aplicativos de empresas parceiras, como redes sociais. A primeira possibilidade é a consulta de saldo e extrato diretamente no messenger do Facebook.

De acordo com a empresa, a inovação deverá revolucionar o sistema financeiro, mudando a maneira como os clientes acessam seus dados e serviços. O lançamento do projeto permite que desenvolvedores e companhias de qualquer setor da economia criem soluções que proporcionem experiências inéditas ao cliente. O objetivo é prover serviços que permitam que os dados financeiros façam parte do dia a dia das pessoas por meio de experiências exclusivas em qualquer interface, e não apenas em aplicativos desenvolvidos pelo banco.

Guga Stocco, head de inovação e estratégia do Banco Original, classifica o período atual como ‘Seamless Banking’, ou ‘banco em qualquer lugar’. As outras fases, de acordo com Stocco, foram a disseminação das agências bancárias, no século 17, o internet banking e o mobile banking.

Stocco destaca também que a integração de APIs do Original com APIs de outras organizações, como fintechs e empresas de tecnologia, permitirá experiências como o controle de gastos com alimentação no display digital de uma geladeira, por exemplo, ou fazer uma transferência entre contas por meio do painel de um automóvel – neste caso, bastaria a integração de APIs da montadora do veículo com as do banco.

Preocupação constante dos clientes, sobretudo em plataformas digitais, a segurança é algo que o Banco Original garante que terá controle. A empresa informou que, no Open Banking, as aplicações terão que solicitar autorização do cliente do banco para acessar as informações disponíveis. Assim, os usuários não precisam fornecer nenhum dado pessoal para dar essas permissões, além de poderem revogá-las a qualquer momento, tornando o processo muito mais seguro e transparente.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail