Home > Notícias

Benchmark de performance comprova performance de estrutura hiperconvergente de cloud

Winov Cloud Computing divulga resultados da comparação entre hiperconvergência e o ambiente tradicional de servidores

29/03/2018 às 17h24

Foto:

Todas as vezes que procuramos fornecedores de qualquer serviço, milhões de dúvidas surgem, ainda mais quando se trata da segurança de um dos maiores bens de uma empresa, se não o maior, a informação. A decisão de jornada de migrar para a cloud começa muito antes de qualquer plano de migração. Optar por um bom provedor que faça questão de entender do seu core de negócio, que auxilie nessa jornada para cloud e que agregue ao seu Business, é um grande desafio.

Pensando nisso, a Winov buscou inovar e ser diferente, “Desde o ponto em que criamos o conceito corporativo de Cloud, pensamos diferente, entendemos que a cloud corporativa não deve ser apenas no nome”, ressalta Diego Coimbra, Chefe de Marketing e Marca da Winov. Assim, um dos pontos de destaque da missão da empresa, além de todo entendimento de core business, que é realizado em conjunto com o cliente, temos a infraestrutura de alta performance.

"Muitas empresas não percebem, mas quando migram para provedores comuns que não oferecem tecnologia, estão mudando para outsourcing de servidores e não para cloud. Pois a mudança está sendo para uma infraestrutura que é a mesma ou até ultrapassada do que o cliente já tinha dentro de casa. Isso não agrega nada, a empresa só está passando a responsabilidade sem trazer inovação e sem nenhum ganho de performance”, acrescenta Diego.

Na Winov os equipamentos de infraestrutura são hiperconvergentes e atualmente, nenhum provedor nacional oferece essa inovação. Na grande maioria, os outros provedores oferecem uma tecnologia tradicional, composta por switch + storage + servidor, o que acarreta em vários pontos de deficiência e um deles, senão o mais importante, a baixa performance.

Para mostrar de forma clara aos clientes essa diferença de performance, a empresa buscou realizar testes práticos que comprovassem essa eficiência. Foram comparadas as performances da Winov hiperconvergente com outro grande provedor, que utiliza um ambiente de infraestrutura tradicional.

Em um primeiro momento, nos dois ambientes testados, hiperconvergente (Winov) e tradicional foi utilizada a ferramenta FIO (Flexible I/O Tester) para a avaliação das performances. Após 25 horas de coleta de dados de teste, na periodicidade de 15 minutos, foi possível garantir amostragens que demonstraram a limitação de IOPs no cenário do ambiente tradicional, em que o fornecedor limita a quantidade de IOPs em 4 mil, já no ambiente hiperconvergente não houve essa limitação. Você pode acessar o relatório completo aqui.

Ao final das avaliações foi possível concluir que a diferença entre as duas performances foi grande, tanto em acessos de escrita como em acessos de leitura. Em média as duas métricas são mais performáticas no ambiente hiperconvergente, por isso o mesmo é 13x mais performático que o ambiente tradicional de Cloud. Essa é uma das razões que a Winov se prontifica como uma cloud corporativa, se preocupando com o ecossistema que suporta as informações dos clientes que estão na cloud da empresa.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail