Home > Notícias

Big Data pode mudar a vida das pessoas e empresas, defende Walter Longo

Segundo especialista Brasil já usa, mas precisa avançar na ampliação, unificação e análise de dados

Redação

22/11/2018 às 11h21

TIM abre big data para parceiros desenvolverem soluções
Foto:

Se você ouve falar de Big Data mas ainda não sabe como isso pode influenciar diretamente sua vida, saiba que isso já faz parte do seu cotidiano. Ao pagar seu imposto de renda ou ao ir a um posto de vacinação, para citar dois exemplos, você está contribuindo com seus dados para um verdadeiro “oceano” que, bem organizado e analisado, pode levar a decisões fundamentais para o País.

No Brasil, órgãos como a Receita Federal, o Ministério Público, a área de Vacinação da Saúde Pública, entre outros, possuem sistemas de Big Data individuais. Como exemplo, Walter Longo, especialista no setor, cita que esses dados necessitam ser ampliados e unificados, para que empresas e pessoas possam ser beneficiadas.

“Podemos melhorar se transformarmos esse monte de big datas setoriais em um grande lago de dados onde todos vão pescar informações com muito mais acuidade e velocidade. Com o Big Data, a possibilidade de melhorar a qualidade e reduzir os custos dos serviços de saúde é enorme, se cruzarmos os dados de vários hospitais, laboratórios, clínicas e demais centros de saúde. Com esses dados, posso ter muito mais informações de quem está ficando doente, de onde essas doenças aparecem com maior frequência, e formar conclusões a respeito de cada doença que poderão levar a decisões estratégicas”, explica. “Quanto mais informações divulgadas, mais insights e conclusões serão colhidas”, completa.

Na era digital, vai se sobressair quem tiver a capacidade de transformar dados em informação, e informação em insights. “Tem que saber usar os dados obtidos”, conclui Walter Longo, influencer do Linkedin com mais de 500 mil seguidores.

O executivo abordará mais sobre Big Data no SPIN Summit Brazil 2018, evento de inovação e tecnologia que visa fomentar negócios entre Brasil, EUA e Israel.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail