Home > Notícias

Black Friday online gera R$ 3,2 bilhões com descontos de 42,59%

Um grande destaque foi o uso do smartphone para compras na internet: o Mobile First movimentou R$ 1,7 bilhão

Wellington Arruda

02/12/2019 às 12h36

Foto: Shutterstock

De acordo com levantamento da EbitNielsen, o varejo online brasileiro faturou R$ 3,2 bilhões na Black Friday deste ano.

O dado foi recolhido de amostra nos dias 28 e 29 de novembro. Em relação ao mesmo período de 2018, houve um aumento de 23,6% nas vendas. No final de setembro, a estimativa de gasto médio por consumidor era citada na casa dos R$ 1.000; segundo o estudo, o valor caiu de R$ 608 para R$ 602, ou -1,1%.

Entre os dois dias, 5,33 milhões de pedidos foram registrados, representando um aumento de 25% em comparação com o ano anterior (4,27 milhões).

"Os números da Black Friday comprovam que o evento já faz parte do calendário de compras do brasileiro, com crescimento ano a ano", afirmou Ana Szasz, líder da EbitNielsen.

O mobile também teve grande participação nesta Black Friday. A pesquisa diz que 55% dos pedidos foram feitos por smartphones, registrando aumento de 103% em relação a 2018. O faturamento por plataformas móveis atingiu R$ 1,7 bilhão, contra R$ 830 milhões em relação ao ano passado (+95%).

Foi relacionado, também, que o tíquete médio para compras por celulares foi de R$ 574, contra R$ 552 no ano anterior (+4%). Nesta Black Friday, 418 mil brasileiros compraram pela primeira vez pela internet (+12%).

A pesquisa também mostrou que Instagram, Facebook e YouTube foram os principais motivadores para compras neste ano.

Grandes descontos

Você conseguiu aproveitar a Black Friday e encontrou bons descontos por aí? De acordo com pesquisa da BigData Corp e PayPal, o desconto médio deste ano foi de 42,59%. Nos anos anteriores, o índice foi de 26,7% (2018) e 42% (2017).

O levantamento mostrou que mais de 70,45% dos e-commerces brasileiros aderiram às promoções online para a data cerca de quatro semanas antes da data oficial.

Já na sexta-feira (29), os grandes e-commerces tiveram desconto médio de 55,79%, enquanto os demais ofereceram mais de 36,83%.

Com as ofertas, a pesquisa indica que consumidores anteciparam compras de Natal. Duas semanas antes da Black Friday, os descontos atingiram 10,58%, contra 3,9% no ano passado e 12% em 2017. Já uma semana antes, o índice de desconto subiu para 22,36%, contra 9,6% em 2018 e 12,3% em 2017.

Estas foram as categorias de maior destaque, segundo a pesquisa:

  • Livros, músicas e filmes (61,21%);
  • Brinquedos (51,32%);
  • Eletrônicos (49,78%);
  • Roupas e acessórios (33,77%);
  • Cosméticos (21,12%).

Segundo Thiago Chueiri, diretor de Desenvolvimento de Negócios do PayPal Brasil, "os e-commerces entenderam a Black Friday como uma oportunidade imensa para conquistar mais clientes (com vistas às compras de Natal) e fidelizar os consumidores".

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail