Oi! Escolha uma opção para entrar

Nunca postaremos nas suas redes sociais

Se preferir, entre com seu e-mail

Esqueceu sua senha?
Não tem conta? cadastre-se grátis

Preencha o formulário abaixo para finalizar seu cadastro:


A importância da disciplina e do espírito empreendedor nos negócios

Por Tiberius Drumond da Drumond Assessoria de Comunicação

em Carreira

6 meses atrás

Coach relata que é preciso equilibrar o lado emocional para obter sucesso

O Brasil é um dos países com a maior taxa de empreendedorismo do mundo. A cada dez brasileiros, três possuem uma empresa ou estão envolvidos com a criação de um negócio próprio, segundo dados da pesquisa Global Entrepreneurship Monitor (GEM), feita no Brasil pelo Sebrae e pelo Instituto Brasileiro de Qualidade e Produtividade (IBQP).

Porém, gerir uma empresa não é uma tarefa fácil e muitos desses profissionais acabam encontrando dificuldades nessa caminhada. Os desafios são tantos que muitos chegam a desistir completamente devido aos obstáculos.

Segundo o psicólogo e coach Bruno Almeida, a frustração é um sentimento comum que acontece durante todo negócio. Para ele, os problemas sempre vão surgir. A diferença está na forma que cada irá lidar com as adversidades.

“A inteligência emocional é um fator-chave para resolução de qualquer problema, ou seja, ter autoconhecimento e compreender os pontos fracos e fortes da empresa. Isso pode ajudar a pessoa pensar numa maneira melhor de agir e, consequentemente, encontrar mais soluções”, ressalta.

Além disso, o especialista destaca a importância da determinação e do espírito empreendedor. Para ele, os negócios exigem que a pessoa tenha determinadas características que auxilia a não desistir. Por exemplo, ter iniciativa, persistência, buscar a eficiência, ter comprometimento, persuasão, independência, buscar ter bons relacionamentos, planejamento e, principalmente, ser curioso.

O empresário Ricardo Motta sabe muito bem como esses fatores são fundamentais. Como consultor de negócios mentor de startups e CEO da plataforma StartupGrid, entende que empreender é muito mais do que a realização de um sonho. “Somente acreditar nos seus planos não basta.”

Para ele, uma característica marcante é ser apaixonado pelo que se realiza. Ricardo explica que não é somente ser apaixonado pela ideia ou produto, mas, sim, por cada nova realização, cada nova pequena vitória. “A atitude empreendedora vem exatamente da aplicação dessas características em prol de um propósito.”

Motta alerta também sobre outro cuidado: a acomodação. O consultor comenta que muitas startups, por exemplo, acabam se iludindo com os primeiros resultados positivos e esquecem da necessidade de evoluir e buscar por mais inovação e eficiência para melhorar seu produto ou serviço. “Então, perdem importância para o mercado e, consequentemente, são superadas pelos concorrentes.”

Ricardo relata que isso já aconteceu com ele algumas vezes, inclusive quando quebrou outros negócios. Entretanto, a curiosidade, o inconformismo e a disciplina são importantes ferramentas para não se cair nessa armadilha.
Por isso, é importante acompanhar o avanço do seu negócio no dia a dia. Isso inclui monitorar indicadores de concorrência. O monitoramento sempre fará uma enorme diferença. “Somente com o acompanhamento de indicadores, o empreendedor consegue enxergar os sinais vitais da empresa, inclusive os de acomodação.”


Receba grátis as principais notícias do setor de TI

Newsletter por e-mail