Oi! Escolha uma opção para entrar

Nunca postaremos nas suas redes sociais

Se preferir, entre com seu e-mail

Esqueceu sua senha?
Não tem conta? cadastre-se grátis

Preencha o formulário abaixo para finalizar seu cadastro:


PapoFácil: Inova House 3D Tecnologia de Impressão 3D em Concreto

Juliana Martinelli, Sócia Fundadora, conta sobre o processo de desenvolvimento da tecnologia, passando por algumas versões da impressora 3D que usa cimento para elaborar as construções, fala sobre a suite de softwares de Autodesk que tem sido utilizados tanto para projetar a impressora como para comandar as ações de impressão e da ambiciosa meta de em 2019 ter a primeira casa, incluindo elementos estruturais feitos pelo dispositivo criado pela empresa.

Gravado dia 03/07/2018 em Brasília na Olimpíada do Conhecimento


PAPOFÁCIL #213 Inova House 3D Tecnologia de Impressão 3D em Concreto

50




Plataforma Autodesk impulsiona a missão da startup InovaHouse3D

Empresa 100% brasileira possibilita imprimir casas de baixo custo em 3D

O objetivo da startup InovaHouse3D é poder tonar a manufatura aditiva viável para a indústria, especialmente na construção civil. Sendo pioneira no desenvolvimento desse tipo de serviço, um dos objetivos é revolucionar a forma em que projetos são pensados e executados. Para viabilizar esse processo, a empresa apostou na plataforma de soluções Autodesk, combinando diversas ferramentas que tornarão isso possível.

Fundada em 2015, após inscrever o projeto em uma competição de startups, a InovaHouse3D conta com uma equipe multidisciplinar que alinha conhecimentos em engenharia elétrica, civil, mecânica e química.

O desenvolvimento do primeiro protótipo de impressora 3D para a construção da América Latina atraiu investimentos para a pesquisa de desenvolvimento de uma versão mais apropriada para a impressão de construções complexas e projetos menores, bem como o desenvolvimento de materiais apropriados para isso.

A opção por usar tecnologia Autodesk se deu por conta de um benchmark liderado por uma das fundadoras da startup, Juliana Martinelli. Segundo a empreendedora, a facilidade de conhecimento das ferramentas, disseminada nas universidades, além da flexibilidade de dos produtos fez com que software como o Autodesk Revit, AutoCAD (para projetos) e Fusion 360 (para adaptação em 3D) fossem escolhidos para não apenas criar os projetos de edificações, mas adaptar os arquivos de menor escala que já estão sendo impressos em 3D.

“Atualmente somos prestadores de serviço e consultoria, atendendo designers, arquitetos, paisagistas e pessoas físicas que queiram imprimir peças de design e decoração. Temos tido muita demanda desse tipo”, afirma Juliana.

O próximo passo é o desenvolvimento de uma impressora 3D que seja capaz de imprimir uma parede inteira por exemplo, e para isso a InovaHouse3D pode contar com o Autodesk Inventor, software para manufatura.

“Pela complexidade do projeto, sabemos que a máquina que estamos desenvolvendo precisa de testes, não apenas pelo seu funcionamento, mas de material adequado, uma vez que esse material deve ter uma viscosidade específica para a impressão e atingir resistência suficiente para que possa ser usado em uma residência”, completa a empreendedora.

Atualmente a InovaHouse3D já está na terceira versão deste equipamento. O projeto pretende ter, até 2019, capacidade de impressão para uma residência de 32m2, de baixo custo e que possa ser implementado, por exemplo, para refugiados.

“A tecnologia Autodesk permite que projetos ousados como este se tornem realidade, uma vez que a ampla variedade de ferramentas que oferecemos pode atender diferentes projetos para qualquer tamanho de empresa”, afirma Cristina Randazzo, líder de especialistas da Autodesk


Receba grátis as principais notícias do setor de TI

Newsletter por e-mail