Home > Notícias

Coca-Cola Andina apresenta experiência de indústria 4.0

Adoção de métodos e tecnologias inovadores transformam negócio e revelam desafios na fábrica mais moderna da empresa

Joao Marinho

18/10/2018 às 19h22

Coca-Cola Andina apresenta experiência de indústria 4.0
Foto:

Indústria 4.0 é um assunto que está em moda hoje em dia – mas você já quis conhecer uma indústria 4.0 na prática? Como chegar a esse ponto e quais os desafios que devem ser enfrentados até lá? A palestra de Fausto Padrão Jr., “Nova fábrica da Coca-Cola Andina: uma indústria 4.0”, realizada hoje (18/10), no palco Business Technology do IT Forum Expo 2018, abordou essas e outras questões. Engenheiro industrial, Padrão Jr. é atual gerente de engenharia da Coca-Cola Andina e responsável direto pela nova fábrica, localizada no estado do Rio de Janeiro.

Indústria 4.0 não nasce pronta

Instalada em Duque de Caxias, em um espaço de 2,2 milhões de m2, a fábrica da Coca-Cola Andina introduziu práticas e métodos até então inéditos para esse tipo de indústria, como: a substituição do vapor por água quente como energia térmica; instalação de minixaroparias; cobertura TPO (manta termoplástica de poliolefina); utilização de LGVs (Laser Guided Vehicles, empilhadeiras que dispensam a presença de um motorista); aplicação de PoC (Proof of Concept); e intenso uso do MES (Manufacturing Execution System, um tipo de ERP voltado para a produção fabril).

O resultado é uma fábrica moderna, que opera com extensa automação e geração e análise constante de um intenso fluxo de dados: “Temos todo tipo de sistema gerando dados, e isso é necessário: se você quer falar de indústria 4.0, você precisa falar de dados”.

Para realizar a tarefa, foi necessário um esforço para integrar TI (Tecnologia da Informação) e TA (Tecnologia de Automação), implantar um PDAI (Plano Diretor de Automação e Informação), reorganizar uma estrutura tradicional e qualificar colaboradores, além de enfrentar resistências de fornecedores, que, por meio do PDAI, foram requisitados a compartilhar seus dados.

Ainda hoje, os desafios para a nova fábrica permanecem, à medida que se avança dentro do projeto de indústria 4.0 e substituição de tecnologias que rapidamente se tornam obsoletas. “Nossa experiência nos fez adotar nossa própria concepção de indústria 4.0, segundo a qual: 1- dados são a chave para a transformação do negócio digital; 2 - cada negócio possui seu próprio modelo de 4.0 (não existe uma metodologia pronta); e 3 - o processo é  incremental e inevitável”, comenta Padrão Jr.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail