Home > Desenvolvimento humano na era 4.0

A transformação digital na educação como base para a organização

Confira como as empresas serão impactadas pelas mudanças no sistema de ensino da “educação 4.0”

Susanne Anjos Andrade

21/05/2019 às 13h15

Foto: Divulgação

A transformação digital já é uma realidade nas empresas. Diferente do que se imagina, ela vai além da tecnologia e da introdução dos diversos aplicativos. Essa é a parte mais fácil de fazer acontecer. O grande desafio está na mudança da cultura, que só acontece com a transformação do 'mindset' dos profissionais envolvidos no processo.

É essencial sair de um modelo “comando e controle” para uma gestão servidora, mais humanizada. A democratização das informações nesse processo leva a uma mudança no estilo de gestão, que passa a ser cada vez mais horizontal, em que os profissionais assumem a autogestão, tornando-se protagonistas do processo.

Essa realidade já chegou também nas escolas, por meio do movimento denominado de “educação 4.0”.  A Microsoft, por exemplo, adquiriu o 'minecraft' para usar como ferramenta na nova forma de ensinar, inovando o processo de aprendizado. Educadores do mundo todo estão transformando suas instituições com as salas de aula com o Minecraft Education Edition, ajudando nos aprendizados com as habilidades do século XXI, como criatividade, codificação, colaboração e trabalho em equipe. Usam o 'minecraft' para ensinar em assuntos escolares alinhados ao banco nacional comum curricular – BNCC.

Há um tempo,  fui convidada para participar de um projeto da Alert Education – AEP Microsoft. Temos o papel de trabalhar a mudança de 'mindset' dos professores e gestores da educação, ajudando-os como educadores a fazerem diferente, a “ensinarem” de uma forma mais colaborativa e ágil, gerando impacto nos alunos e seus familiares. É essencial tirar partido do interesse natural que os alunos já nutrem por jogos. Eles são os clientes dos colégios e os educadores precisam “falar a sua língua”, para melhor atendê-los.

Qual o impacto de tudo isso para as organizações?

Se hoje já é desafiador engajar os novos profissionais que chegam às empresas em busca de inovação e de uma relação mais próxima com os gestores, ignorando hierarquia, que nem deveria mais existir, a tendência é que isso se intensifique. Ao médio prazo, os alunos que fazem parte do novo sistema de educação, com maior protagonismo, chegarão às empresas com mais autonomia e criatividade, dando importantes contribuições no mundo dos negócios.

Os profissionais que já se encontram hoje no mercado de trabalho precisam se preparar para dar conta desse cenário, buscando o seu desenvolvimento constante, especialmente no que se refere às 'soft skills', sabendo se comunicar e se relacionar de maneira empática e colaborativa. Entramos na era onde se faz necessário o equilíbrio entre a inteligência artificial com a inteligência emocional.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail