Home > Infraestrutura na prática

Cabeamento de rede não certificado impacta nos negócios?

A resposta é sim, impacta na operação e nos negócios.

Leonardo Henrique Kappes

29/07/2019 às 17h14

Foto:

Gambiarra é para amadores

Na área de TI, a infraestrutura pensada para garantir a continuidade do negócio, é desenvolvida, implementada e projetada de forma a atender normas e certificações. O cabeamento e os dispositivos de rede, quando planejados para suportar o crescimento da organização dão rapidez no diagnóstico de problemas.

Mudanças tecnológicas são constantes

A certificação do cabeamento estruturado é sinônimo de um planejamento bem feito para permitir mudanças futuras, alterações ou acréscimos, e logicamente, mantém um nível elevado de confiança da estrutura. Ao certificar o cabeamento, em alguns casos, é possível estender a garantia em até 25 anos.

No Brasil, há normas e padrões para certificar o cabeamento estruturado, isso é feito com equipamentos e pessoas especializadas, os quais testam e atestam por exemplo: comprimento do cabo, pinagem, sinais elétricos, transmissão de pacotes, atenuação, impedância, diafonia etc.

É uma forma de aderir a exigentes padrões de desempenho e de execução da instalação.

Ter a real noção da importância da área de TI na estratégia da organização é algo que faz parte da rotina de empresas com visão de crescimento, pois sabe-se muito bem que as mudanças de tecnologia no mundo são constantes.

Perda de informações

Reduzir custos é a prioridade as empresas, todas de alguma forma passam por períodos desafiadores, muitas normalmente voltadas a economia instável e agravadas com o crescimento negativo, e obviamente, isto faz com que as empresas procurem diminuir seus custos fixos e planejados, ai a gambiarra na TI entra em campo.

Não é mais aceitável a instalação improvisada, pois além de danos aos dispositivos de rede e equipamentos, além de promover a perda de informações, reduz significativamente a produtividade da equipe de tecnologia, a qual deveria estar preocupada com a estratégia, mas devido aos problemas na estrutura de rede, se volta para a complicada operação de manter em funcionamento a uma rede sem padronização.

O cabeamento é responsável por uma parcela significativa de falhas na rede, então, certifica-lo irá reduzir significativamente os problemas. A infraestrutura saudável está ligada à produtividade e eficiência. Pense nisso quando for planejar seu próximo projeto.

Disposição Organizada

A organização progrediu tanto, a ponto de ser necessário adotar normas para que os procedimentos, cabos e conectores fossem padronizados. Esta disposição organizada de conectores e meios de transmissão em redes internas, voz e dados, é a base para descomplicar a manutenção e a resolução de problemas.

Benefícios da certificação

Permitirá maior rapidez da equipe de TI no diagnóstico de problemas de conexões e tráfego de dados. Haverá garantia de que todas as informações e interligações estarão dentro de normas e consequentemente promoverá a redução significativa de paradas na comunicação entre setores da organização

A qualidade e a origem dos produtos serão atestadas. A identificação dos pontos de rede não sofrerá mais com a rotatividade ou mudança dos profissionais do time de TI, ou troca de fornecedores, pois os pontos de redes em toda a estrutura estarão identificados e mapeados um a um.

E talvez o mais importante seja que haverá garantia de que seu negócio funcione com qualidade desejada e o seu investimento dure por muitos anos, assim como, trará um benefício para prevenir o congestionamento da rede e evitar as quedas de performance.

Dentro do cenário empresarial atual, é preciso possuir uma moderna tecnologia de informação para se manter competitivo no mercado. Um projeto bem elaborado é flexível e permite alterações ágeis, em consequência, a confiabilidade da rede permitirá promover outros projetos em cima da infraestrutura já existente.

Pense nisso! Cabeamento estruturado certificado é sinônimo de competitividade.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail