Oi! Escolha uma opção para entrar

Nunca postaremos nas suas redes sociais

Se preferir, entre com seu e-mail

Esqueceu sua senha?
Não tem conta? cadastre-se grátis

Preencha o formulário abaixo para finalizar seu cadastro:

PapoFácil: Qualcomm Premiação Tecnologias de Impacto

Jorge Avila, Diretor Senior, conta sobre o projeto da premiação e como diversas empresas criaram soluções muito criativas e inovadoras em distintas áreas usando WiFi e IoT, bem como o motivador da Qualcomm ao criar o prêmio, incentivar o ecossistema de solução. Haverá outras edições da premiação. No final um dos agraciados conta sobre a solução para redução de infecção hospitalar. Clique na imagem abaixo para assistir.

Gravado dia 22/11/2017


PAPOFÁCIL #105 Qualcomm Premiação Tecnologias de Impacto

Qualcomm anuncia os vencedores do Prêmio Tecnologias de Impacto no Brasil

Promovida pela Qualcomm e com apoio institucional do INPI, CNPq e CNI, a iniciativa busca reconhecer inventores brasileiros de tecnologias wireless

São Paulo, 22 de novembro de 2017 – A Qualcomm Incorporated, por meio de sua subsidiária Qualcomm Technologies, Inc., anunciou hoje os vencedores do Prêmio Tecnologias de Impacto – Brasil, que visa reconhecer inventores de tecnologias que impulsionem o desenvolvimento do ecossistema de Internet das Coisas. Promovido pela Qualcomm com o apoio institucional do INPI, CNPq e CNI, a iniciativa premia dez projetos com uma viagem de imersão em laboratórios e centros de inovação na Califórnia, organizada pelo Instituto Euvaldo Lodi (IEL) e pela Confederação Nacional da Indústria (CNI).

As dez iniciativas vencedoras foram julgadas por experts e executivos da Qualcomm, CNI, INPI e CNPq com base em sua relevância tecnológica, grau de inovação e impacto socioeconômico e ambiental.

 

“A Qualcomm fornece atualmente mais de um milhão de processadores para IoT por dia*, o que reflete a capacidade da companhia em inventar e apoiar tecnologias que atendam a demanda da indústria”, disse Rafael Steinhauser, vice-presidente sênior e presidente da Qualcomm América Latina. “O Prêmio Tecnologias de Impacto é uma ótima forma de estimular a criação de novas soluções desenvolvidas por inventores no Brasil, além de fomentar o cenário nacional de propriedade intelectual e premiar projetos que atendam as necessidades do país”.

Com mais de 200 projetos inscritos, o Prêmio Tecnologias de Impacto foi apoiado por um road show de palestras sobre o mercado de patentes e inovação. As palestras foram assistidas por mais de 500 estudantes de 15 das principais universidades brasileiras, incluindo USP, UNB e Unicamp.

A cerimônia de premiação incluiu apresentações sobre os geradores de inovação no Brasil, além de um debate sobre os desafios e oportunidades para a IoT no país.

“A Qualcomm é uma companhia entusiasta da inovações e inventora de tecnologias que trazem grandes benefícios as vidas das pessoas”, disse John Han, vice-presidente sênior da Qualcomm e diretor geral da Qualcomm Technology Licensing. “Estamos orgulhosos em fomentar inovações de IoT no Brasil por meio deste programa, que dará aos inventores a oportunidade de conhecer o que as principais universidades, laboratórios e companhias estão fazendo no desenvolvimento de tecnologias de IoT na Califórnia”.

Os vencedores participarão do programa Imersão em Ecossistemas de Inovação na Califórnia, organizado pela CNI e pelo IEL. O programa acontece em fevereiro de 2018, e inclui visitas a Universidade de San Diego, Universidade de Stanford, Hampton Creek, a aceleradora Plug and Play, laboratórios da Qualcomm e outros laboratórios e companhias de alta tecnologia.

“Para a CNI, a colaboração com a Qualcomm é de grande relevância para fortalecer a inovação no Brasil. Temos urgência em desenvolver competências no país para que nossa indústria acompanhe a revolução digital em curso e seja mais competitiva, uma vez que os impactos das inovações disruptivas são irreversíveis. Criamos a imersão aos Ecossistemas de inovação do Vale do Silício para oferecer a oportunidade aos pesquisadores premiados de conhecer ambientes de inovação avançados”, afirma a diretora de Inovação da CNI, Gianna Sagazio. “Redes de relacionamento com profissionais e instituições que têm liderado essa corrida tecnológica são fundamentais para a multiplicação de informações estratégicas e, potencialmente, para a realização de projetos conjuntos”, acrescenta.

“O CNPq considera o Prêmio Tecnologias de Impacto, promovido pela Qualcomm, uma importante iniciativa não só por incentivar e premiar as melhores ideias em tópicos altamente relevantes, mas também por trazer à sociedade como um todo uma das tecnologias portadoras de futuro para a qual os pesquisadores e a ciência brasileira deverão estar atentos. Assim, o apoio do CNPq demonstra quão fortemente este conselho busca, juntamente com importantes parceiros, o cumprimento de sua missão”, disse Mario Neto Borges, Presidente do CNPq.

“O INPI apoia o Prêmio Tecnologias de Impacto e reconhece a valorização de inventores brasileiros como um estimulo a todas as atividades ligadas ao processo de inovação no Brasil”, disse o presidente do instituto, Luiz Otávio Pimentel.

Os dez vencedores são:

  • ALTAVE: torres flexíveis em forma de balões presos no solo por um cabo, capazes de ficar até 300 metros do solo com rádios, antenas e câmeras que podem ser deslocados para diferentes regiões.

 

  • Contextnet: é um mediador escalável desenvolvido para IoT, que utiliza o smartphone do usuário para descobrir e interagir com objetos inteligentes próximos, permitindo a criação de aplicações móveis com controle remoto e rastreamento.
  • E-lastic: uma tecnologia de saúde desenvolvida para medir a carga de qualquer implemento elástico durante a prática de exercícios físicos. As informações do treino são enviadas para um app que gera gráficos que permitem o acompanhamento evolutivo.
  • LYSA – Cão Guia Robô: um robô com funções similares às de um cão-guia convencional, dotado de dois motores e cinco sensores que avisam ao deficiente visual quando existem obstáculos e riscos de colisão durante seu percurso.
  • Monitoramento Inteligente de Pragas Agrícolas: solução capaz de monitorar diariamente as populações de pragas agrícolas sem a necessidade de mão de obra no campo.
  • Oneblue MBM: aparelho móvel de exames sanguíneos não invasivos que pode fornecer exames instantâneos de qualquer lugar que possua algum tipo de conexão com a internet.
  • Oxiot: tecnologia que consiste na digitalização as informações de cilindros de oxigênio, permitindo o monitoramento do consumo de oxigênio medicinal de pacientes remotos.
  • Pipeline Leak Detection and Location System: tecnologia patenteada capaz de detectar e localizar vazamentos em transporte de fluídos em questão de segundos, monitorando as características de operação padrão das ondas de pressão.
  • Redução de Infecções Hospitalares: sistema de monitoramento de higiene de mãos de profissionais de saúde, com o objetivo de evitar infecções hospitalares.
  • Tactile Glove: um dispositivo tátil em forma de luva voltado para a interação com objetos virtuais e reais de forma remota, sendo uma plataforma para testes de novas soluções para internet tátil.

* Fonte: dados da Qualcomm Technologies, baseados nas entregas dos últimos quatro trimestres fiscais.

Sobre a Qualcomm

As tecnologias da Qualcomm impulsionaram a revolução dos smartphones e conectaram bilhões de pessoas. Nós fomos pioneiros em 3G e 4G – e agora estamos liderando o caminho para 5G e uma nova era de dispositivos inteligentes e conectados. Nossos produtos estão revolucionando indústrias, incluindo a automotiva, informática, IoT e saúde, e estão permitindo que milhões de dispositivos se conectem uns com os outros de maneiras nunca antes imaginadas. Qualcomm Incorporated inclui a nossa operação de licenciamento, QTL, e a grande maioria do nosso portfólio de patentes. A Qualcomm Technologies, Inc., subsidiária da Qualcomm Incorporated, opera, juntamente com suas subsidiárias, todas as nossas funções de engenharia, pesquisa e desenvolvimento e todas as nossas operações de produtos e serviços, incluindo as de semicondutores, QCT e nossos produtos móveis, automotivos, informática, IOT e empresas de saúde.

Sobre a CNI 

A Confederação Nacional da Indústria (CNI) é a representante da indústria brasileira. É o órgão máximo do sistema sindical patronal da indústria e, desde a sua fundação, em 1938, defende os interesses da indústria nacional e atua na articulação com os poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, além de diversas entidades e organismos no Brasil e no exterior. Representa 27 federações de indústrias e 1.250 sindicatos patronais, aos quais são filiadas quase 700 mil indústrias. Administra diretamente o Serviço Social da Indústria (SESI), o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) e o Instituto Euvaldo Lodi (IEL). Com eles, compõe o Sistema Indústria, que congrega ainda as federações estaduais de indústrias e os sindicatos patronais. A CNI também é a coordenadora da Mobilização Empresarial pela Inovação (MEI).

Sobre o CNPq

O Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), agência do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), tem como principais atribuições fomentar a pesquisa científica e tecnológica e incentivar a formação de pesquisadores brasileiros. Criado em 1951, desempenha papel primordial na formulação e condução das políticas de ciência, tecnologia e inovação. Sua atuação contribui para o desenvolvimento nacional e o reconhecimento das instituições de pesquisa e pesquisadores brasileiros pela comunidade científica internacional.

Sobre o INPI

Criado em 1970, o Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) é uma autarquia federal vinculada ao Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, responsável pelo aperfeiçoamento, disseminação e gestão do sistema brasileiro de concessão e garantia de direitos de propriedade intelectual para a indústria. Entre os serviços do INPI, estão os registros de marcas, desenhos industriais, indicações geográficas, programas de computador e topografias de circuitos, as concessões de patentes e as averbações de contratos de franquia e das distintas modalidades de transferência de tecnologia. Na economia do conhecimento, estes direitos se transformam em diferenciais competitivos, estimulando o surgimento constante de novas identidades e soluções técnicas.


Receba grátis as principais notícias do setor de TI

Notícias por push

Ativar

Notícias marcadas

Personalize sua home

Ative ou desative as categorias abaixo:

  • Carreira
  • Digital
  • Gestão
  • Mercado
  • Segurança
  • Startups
  • Tech
  • TI de Negócios