Home > O ABCD do Crédito Digital

Prova de Conceito: mais um passo do Brasil rumo ao Open Banking

Iniciativa foi realizada entre maio e setembro do ano passado

*Claudia Amira

15/01/2020 às 8h49

Foto: Shutterstock

Prestes a ser implementado no Brasil no segundo semestre deste ano, e atualmente em processo de consulta pública, anunciada no fim de novembro pelo Banco Central, o Open Banking deu um passo importante após a conclusão da Prova de Conceito (PoC, do inglês Proof of Concept). Conectando instituições financeiras e fintechs de crédito, a experiência confirmou na prática que a implementação do sistema financeiro aberto pode ser rápida, segura e de baixo custo. 

Realizada entre maio e setembro de 2019, por meio de uma parceria entre a ABCD (Associação Brasileira de Crédito Digital) e a ABBC (Associação Brasileira de Bancos), que congrega mais de 80 pequenos e médios bancos, a iniciativa contou com a participação de alguns membros das instituições financeiras, em especial os bancos Original e Pan, e as fintechs Geru e Guiabolso. 

E as principais conclusões não poderiam ter sido melhores para o setor. Inspirada no modelo de Open Banking do Reino Unido e adaptada à realidade do Brasil, a Prova de Conceito foi baseada em dois “Casos de Uso” – concessão de crédito para pessoa física e gestão financeira de múltiplas contas - e demonstrou uma perfeita integração entre as fintechs Geru e Guiabolso e os bancos Original e Pan.

Além disso, com poucas horas de desenvolvimento e baixa complexidade técnica, foi implementado o acesso ao cadastro e a consulta de saldo e extrato, por meio de uma experiência instintiva e simples para o usuário. 

Na parte técnica, destacou-se o uso de middleware, software criado para viabilizar a conversão de APIs nativas dos fornecedores de informações para um formato único, como forma descomplicada de conversão de APIs para o formato padronizado de integração. O Modelo de Autorização utilizado, o OAuth2, também padrão da indústria, mostrou-se seguro e bem documentado, suportando plataformas web e mobile. 

Para além dos resultados positivos, a PoC proporcionou ainda vários aprendizados, notadamente sobre a importância do acesso a ambientes de testes, o sandbox, para facilitar e promover a experimentação entre as instituições financeiras, viabilizando assim uma entrada segura no Open Banking. 

Importante para embasar a implantação do sistema financeiro aberto do país, a Prova de Conceito abriu as portas para uma nova etapa do processo, que segue agora para o encerramento da consulta pública, em 31 de janeiro. Mais um passo rumo à inovação que o Open Banking trará ao Brasil ainda neste ano. 

*Por Claudia Amira, Diretora Executiva da Associação Brasileira de Crédito Digital

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail