Home > Notícias

Como capacitar equipes autônomas para acelerar a entrega digital?

Para especialista, essa é a única forma de fechar a lacuna existente entre estratégia e execução

Redação

23/07/2018 às 8h13

Foto:

A necessidade de velocidade nunca foi tão grande. Os clientes são volúveis, big techs, startups de tecnologia que cresceram rapidamente e se tornaram gigantes, estão desintermediando o mercado e os disruptores estão prontos para engolir tradicionais competidores. Suas perspectivas são mesmo sombrias. O alerta é Martin Gill, vice-presidente e diretor de pesquisas da Forrester.

Tudo está perdido? Não, calma. A velocidade de execução é mais vital do que nunca, mas as técnicas de gerenciamento desenvolvidas na era da fabricação e distribuição, em tempos de previsibilidade e certeza, falham em tempos de ruptura.

Eric Ries descreve esse desafio no The Startup Way. A tensão entre a criação de uma visão estratégica que abraça a incerteza, mantendo uma abordagem hands-off à administração e mergulhando no detalhe confortável da execução significa que muitos líderes de negócios digitais criam o que o autor Nilofer Merchant chama de “sanduíche de ar” - uma lacuna clara entre estratégia e execução.

Para competir, os líderes de negócios digitais devem capacitar equipes multifuncionais para inovar, delegando decisões àquelas mais próximas do cliente. Se você acha que isso soa como anarquia corporativa, pense novamente. Ironicamente, a resposta está em mais, não menos, estrutura. Estruturas de governança leve e liderança progressiva podem capacitar equipes autônomas - mas apenas quando aplicadas de maneira inteligente.

Segundo o especialista, há três formas de conquistar esse objetivo:

1. Autonomia leva à velocidade

Como líder empresarial digital, é sua tarefa criar uma cultura de capacitação gerenciada na qual as equipes tomem decisões o mais próximo possível do cliente.

2. Comunicação é fundamental

A confiança e a comunicação de duas vias são vitais. Os líderes devem claramente articular suas intenções e os membros da equipe devem falar se precisarem de mais clareza. Incentive suas equipes a desafiar você.

3. Governança não é uma palavra suja

Estruturas de governança e liderança leves são chave para desbloquear a entrega digital mais rápida.

De acordo com Gill, ao adotar estruturas de comando e controle para responder rapidamente aos ambientes dinâmicos é possível ser bem-sucedido. “Embora eu normalmente hesite em usar analogias militares para a estratégia de negócios, muitas das lições de liderança conquistadas duramente por unidades especializadas como a Marinha se encaixam aqui”, finaliza ele.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail