Home > Colunas

Como iniciar o site do seu negócio com o pé direito

Se você está buscando trabalhar por conta própria sem sair de casa, criar um site para seu negócio é uma solução.

*André Helmuth Fauth

08/09/2019 às 16h39

Foto:

Você pode fazer uma loja virtual para complementar a física, ou até mesmo trabalhar apenas com produtos digitais. De qualquer maneira, investir em um website é importantíssimo.

Criar um site parece algo impossível para quem não entende; muitas pessoas se sentem frustradas por não saber como começar.

Sabemos que montar um site leva tempo, mas traz resultados significativos. Você quer trabalhar em casa e ter sucesso no seu próprio negócio?

Continue lendo este conteúdo, porque vamos te contar tudo que você precisa para criar o seu próprio site.

O que é SEO e quais são suas técnicas?

Falando em criação de sites, uma das maiores frustrações atualmente é quando alguém cria um site, mas ele não traz resultado.

Fazer um website toma tempo e dinheiro, por isso é difícil investir nisso e não ter um retorno. Mas sabe em que parte você pode estar errando? No SEO.

Você sabe o que SEO significa?

O SEO é uma técnica usada em marketing digital ajudar a posicionar o seu site para as melhores palavras-chave nos principais mecanismos de pesquisa.

Por exemplo: quando você quer fazer um bolo, pode pesquisar no Google ou em outro mecanismo de busca o termo “como fazer um bolo”.

Mas por que alguns resultados aparecem primeiro que outros e como o mecanismo de busca entende o que exatamente eu estou procurando?

A técnica do SEO serve exatamente para ranquear esse conteúdo se ele for relevante para o que o usuário está procurando.

Mas por que um empreendedor digital precisa do SEO?

Aplicando as técnicas de SEO corretamente, o fluxo de cliente aumenta e maior é a chance do seu site aparecer nas primeiras páginas do Google.

As técnicas mais utilizadas do SEO On-Page relacionados à palavra-chave são:

  • Incluir no título;
  • Colocar na primeira frase;
  • Incluir no H2 (Título 2);
  • Colocar no conteúdo, de forma significativa e dentro do contexto;
  • Inserir variações no texto;
  • Colocar no meta title;
  • Introduzir na descrição.

Mas apesar da palavra-chave ser um fator de ranqueamento, existem outros fatores que influenciam a sua posição nos resultados do Google.

É por isso que você deve criar um site todo voltado ao SEO e que realmente traga resultados. A seguir, você vai ver 5 informações importantes para iniciar o seu website com o pé direito. Confira!

5 dicas para criar um site e atingir resultados

1 - Registro de domínio

Você sabe o que é um domínio? Se sua resposta foi “não”, vamos te explicar o que é.

Domínio é o que fica na barra de pesquisa, por exemplo: www.google.com, sendo que você vai colocar o nome do seu negócio.

Essa será a identidade dele, ou seja, como ele vai ser conhecido. Por isso, escolha com cautela o nome para seu domínio.

Existem várias terminações que você pode usar no seu domínio, porém as mais recomendadas e procuradas pelos usuários são .com e com.br

É importante que, ao criar um site, você compre o domínio ao invés de usar plataformas gratuitas.

Quando você utiliza terminações das plataformas gratuitas, como Wordpress.com, blogspot.com e outros, o site não fica com aparência profissional e você pode perder todos os seus esforços de SEO visto que você não tem controle do domínio.

Para escolha do seu domínio, há algumas considerações relevantes como:

  • Disponibilidade: é importante porque muitos já estão registrados. A forma ideal para a escolha de um domínio é ser específico, que seja incomum e que represente a marca.
  • Fácil e simples: é necessário que o nome do site seja fácil de entender. De modo que, ao ouvi-lo, uma pessoa seja capaz de digitá-lo.
  • Pequeno: é fundamental que o domínio seja pequeno, de preferência utilize 2 palavras.

Dessa forma, fica mais fácil começar o SEO (Search Engine Optimization) para melhor otimização das buscas.

2 - Serviço de hospedagem

Hospedagem é o local de armazenamento, onde seu site fica disponível para visitas.

Os sites que trabalham com este tipo de serviço, possuem planos simples e personalizados.

A forma mais econômica é seu domínio e hospedagem ficarem na mesma empresa.

Os planos mais comuns para hospedagem são:

  • Compartilhamento de hospedagem: você hospeda o domínio do seu site com outros sites. Cada um tem espaço limitado e, com isso, o desempenho é menor.
  • Hospedagem dedicada: o site fica com todo o servidor. O custo é elevado, mas oferece segurança para seu site e um alto número de acessos.
  • Servidor Virtual Privativo: conhecida como VPS, neste modelo de hospedagem há compartilhamento de serviço mas se aproxima de uma hospedagem dedicada.

Para escolher um servidor, analise o que é mais benéfico para seu negócio.

3 - Escolha do CMS

CMS significa “Sistema de gerenciamento de conteúdo”. Ele pode aumentar a produtividade de todo o seu negócio de modo mais intuitivo e simples.

Algumas alterações que você pode realizar são:

  • Fazer correções e alterações em conteúdos;
  • Reposicionar itens do menu;
  • Fazer alterações na meta e títulos de página;

Há diversos CMS’s gratuitos e pagos no mercado, para diferentes modelos de negócio. O mais conhecido e amplamente usado é o WordPress.

4 - Templates e layout

Template é uma apresentação visual do seu site. Com o WordPress (CMS) existe uma gama enorme de templates para você escolhar independente do objetivo do seu website. É a melhor forma se você quer iniciar com um custo baixo.

Um template simples e elegante que demostre profissionalismo, é uma opção adequada na hora da criação do site.

O template do site é a forma como será apresentado os elementos da página, como: blocos, linhas, fotos, vídeos, cores, áudios e textos.

5 – Responsividade

Um site responsivo se adapta a qualquer dispositivo, tornando a navegação acessível e levando ao usuário uma experiencia satisfatória. Ter um site responsivo é uma característica muito importante para:

  • Navegar com facilidade;
  • Se adaptar a dispositivos diferentes;
  • Quantidade maior de acesso;
  • Ter design único em todos os tamanhos e plataformas;
  • Ter praticidade em manutenção nos conteúdos;
  • Não ter a necessidade de criar um site em versão mobile (o que gera menos custos).

Se o seu site for responsivo, você terá mais facilidade de gerenciar e trabalhar. Dessa forma, você não vai precisar fazer modificações especificas para outros dispositivos.

Assim, as métricas estarão unificadas e vai ser mais facil mensurar resultados.

Quando criar um site, fique atendo a esses detalhes e tenha certeza você já vai começar com o pé direito.

Se você gostou das dicas desse conteúdo e conhece alguém que também pretende criar um site, compartilhe este material.

*Por André Helmuth Fauth, co-fundador do Portal MBA Digital e Agência Digital Oblige.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail