Home > Notícias

Cubo mudará de sede para abrigar até 210 startups

Guilherme Borini

23/08/2017 às 12h38

Foto:

O Cubo Coworking, centro de empreendedorismo criado pelo Itaú Unibanco em parceria com a Redpoint eventures em 2015, estará de casa nova a partir do primeiro semestre de 2018. Para abrigar um maior número de startups, a nova sede, localizada na Vila Olímpia, em São Paulo (SP) - a poucos metros do prédio atual - tem 12 andares, e vai quadruplicar o número de empresas residentes. A capacidade será de 210 startups residentes, contra 52 atualmente. A expectativa é de receber 2 mil pessoas no local por dia, com 1250 residentes.

Fachada no novo prédio, localizado na Vila Olímpia, em São Paulo

Espaço físico foi o principal motivo para a mudança, segundo Flavio Pripas, diretor do Cubo. "Vemos coisas reais acontecendo no Cubo. Empresas que saíram de duas pessoas e hoje têm 40, 50 e até 60. A ideia com esse passo é aumentar a escala dessas histórias", disse, durante coletiva de imprensa para anúncio da novidade nesta quarta-feira (23/08).

Na nova sede, que está em construção na Alameda Vicente Pinzon, em frente ao Shopping Vila Olímpia, será possível abrigar essas empresas que atingem uma escala maior, destaca o executivo. "Hoje, essas empresas precisam sair, pois fica desconfortável comportar uma companhia com mais de 20 pessoas nas nossas instalações atuais", pontua Pripas.

A questão é que essas startups que atingem esse nível de maturidade e uma escala maior começam a discutir processos internos e governança, ou seja, podem de fato contribuir com o centro. E esse é o foco do espaço: criar interação e intercâmbio entre empreendedores e empresários, em uma via de duas mãos.

Segundo Ricardo Guerra, diretor-executivo de TI do Itaú Unibanco, este será o maior centro de empreendedorismo da América Latina e um dos principais do mundo, o que vai ao encontro do objetivo de que São Paulo seja um verdadeiro hub de inovação. "Esse é um passo importante não só para o Cubo, mas para o empreendedorismo brasileiro. São Paulo tem capacidade para ser um grande centro empreendedor do mundo", diz Guerra.

Ainda, Pripas conta que, juntamente com sua equipe, esteve em algumas cidades, como Toronto (Canadá), Paris (França) e Nova Iorque (EUA) para conhecer hubs globais de empreendedorismo e ter inspirações para o projeto. "Percebemos que temos coisas para ensinar também, não só aprender. Vamos colocar São Paulo no mapa global", reforça Pripas.

Iniciativas

Para ser verdadeiramente um hub global, uma das novidades será o intercâmbio, tanto com parcerias com outros centros no mundo, quanto com incentivos a modelos de soluções digitais.

Outra novidade será a inclusão de verticais específicas de negócios. Nesse modelo, grandes empresas serão parceiras e farão curadoria de startups dentro de determinadas indústrias.

Outra iniciativa será a aproximação com universidades. "Queremos montar um modelo de parceira em que os recém-formados possam empreender e montar suas empresas conosco."

Ponto de encontro

Uma das grandes bandeiras levantadas pelo Cubo é ser um verdadeiro ponto de encontro do ecossistema de startups, onde empreendedores, investidores e grandes empresas possam fazer networking. Por isso, o prédio conta com salas compartilhadas e muitos espaços para troca de conhecimento.

A estratégia se manterá na nova sede. Logo no lobby, haverá um amplo espaço para café e reuniões. Já no topo do prédio, assim como na sede atual, será mantido o conceito de cobertura, onde são realizadas reuniões, encontros e happy hour.

"Nosso foco é criar esse ponto de encontro físico e um ter ambiente único onde todas essa pessoas pudessem se encontrar. A questão é que a quantidade de empresas que querem contribuir com o ecossistema é maior do que o Cubo pode comportar. Estamos enxergando que temos uma fila enorme na porta e o Cubo pode de fato ser maior. Vamos para um ambiente que nos empolga e é mais sensacional do que o que temos hoje", finaliza Guerra.

Parcerias

Atualmente, são parceiros do Cubo empresas como Accenture, AES Brasil, Cisco, Focus, Foresee, Gerdau, Iugu, MasterCard, Microsoft, Rede, Saint-Gobain e TIM. Com a expansão, a instalação também terá espaço para novos parceiros.

Confira outras imagens

[gallery link="none" size="large" ids="138870,138869,138868"]

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail