Home > Colunas

Cultura organizacional: a ponte para o sucesso corporativo

Definir a cultura de uma empresa não é fácil, para ter sucesso é preciso moldar a personalidade da companhia.

*Pedro Saenger

08/12/2019 às 16h31

Foto: Shutterstock

Definir a cultura organizacional de uma empresa não é tarefa fácil. É como moldar a personalidade da companhia: saber identificar a importância maior, a razão de ser, o que traz felicidade à empresa como um todo. Na verdade, a cultura organizacional pode ser vista como uma ponte com três componentes fundamentais: as colunas, as laterais e o caminho a ser percorrido nela.

As colunas tomam como base a felicidade e a vitória. É essencial entender o que é importante para a empresa e o que significa sucesso. É a base sobre a qual se definem valores, mensagens, diretrizes específicas que vão diferenciar uma organização das demais.

As laterais são identificadas pelo respeito e humildade – são as propriedades necessárias para manter uma equipe de colaboradores focada e dedicada. É como a empresa enxerga, valoriza e cuida de seus recursos. Investir em pessoas e saber identificar talentos que estejam alinhados com os propósitos da empresa é essencial para o desempenho acima da média, além de propiciar um bom ambiente de trabalho, onde todos os colaboradores se sintam participantes ativos de uma organização.

Uma pesquisa divulgada pela Robert Half no início do ano corrobora com esse ponto de vista: o estudo mostra que para 29% dos recrutadores o que mais chama a atenção durante uma entrevista de emprego é a sinergia entre o candidato e a cultura da empresa.

Outra pesquisa, da Academy of Management Journal, mostra que os funcionários que se identificam com a cultura da companhia onde trabalham tendem a ficar, em média, 13 meses a mais do que aqueles que são indiferentes ou não compartilham dos mesmos valores, dando ênfase ao impacto na retenção de equipes.

Por fim, o caminho a ser percorrido, que nada mais é do que a comunicação. Cada empresa pode ter sua própria maneira de se comunicar com seus colaboradores, mas os valores que ela representa e a mensagem que precisa ser passada precisam ser constantemente lembrados e reforçados ao longo da jornada. E ainda que existam mudanças, pois organizações são vivas e estão sempre em transformação, deve haver consistência no que é comunicado.

A cultura organizacional é o alicerce de uma empresa, e deve vir antes da estratégia. É o que dá a cada membro da equipe um propósito diário e assim, fomenta a dedicação e motivação. Entendendo isso, quando a empresa atinge os resultados que espera, os colaboradores se sentem parte do sucesso, e experimentam uma realização profissional ainda maior do que a pessoal, a de vencer como um time.

Finalmente, voltando à nossa analogia, a ponte pode sofrer abalos, um dos desafios é mantê-la flexível sem que se perca o foco no objetivo final. Fica a reflexão: o que significa sucesso para você e a sua empresa?

*Por Pedro Saenger, vice-presidente da Veritas para América Latina

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail