Oi! Escolha uma opção para entrar

Nunca postaremos nas suas redes sociais

Se preferir, entre com seu e-mail

Esqueceu sua senha?
Não tem conta? cadastre-se grátis

Preencha o formulário abaixo para finalizar seu cadastro:


Oportunidades estão nos dados, acredita presidente da Veeam Software

Por

em Digital

5 meses atrás

Executivo comenta como a tecnologia tem papel fundamental para a administração desses dados

Em todo o mundo, empresas vão desembolsar US$ 1,3 trilhão até 2020 para participar da economia digital. E isso não significa mais ter um simples site ou aplicativo. Isso já é passado. O segredo da nova era é gerar insights relevantes a partir dos dados, que crescem de forma exponencial.

“As oportunidades estão nos dados. Na automatização, orquestração e gestão. Tire vantagem disso”, aconselhou Peter McKay, presidente e coCEO da Veaam Software, empresa suíça que auxilia organizações na gestão inteligente de dados. Em entrevista ao IT Forum 365, o executivo afirmou que definitivamente esse mercado só cresce. Basta ver a quantidade de dados gerada todos os dias em todos os cantos do planeta.

Mas como gerenciar dados em uma era em que tudo é crítico? Dave Russell, vice-presidente de Estratégia Enterprise da Veeam, que acaba de se juntar ao time, responde. Segundo ele, há cerca de oito anos, quando atuava em uma consultoria, executivos com os quais ele falava relatavam que 20% dos seus dados eram críticos. Hoje, esse número já está entre 75% e 80%. “Assim, a tecnologia tem papel fundamental para a administração desses dados”, afirmou ele.

O Brasil, inclusive, está pouco servido nesse sentido, acredita McKay, e de grandes oportunidades para explorar os dados. “O País é um mercado que estamos investindo e tem grande potencial de crescimento”, contou.

Negócios vão bem

McKay revelou que 2017 foi um ano agitado e de muito trabalho. Globalmente, a Veeam registrou receita anual de US$ 827 milhões, o que representa 36% de crescimento ano a ano. A empresa também alcançou a marca de 300 mil clientes e passou a demonstrar seu crescente foco no segmento corporativo.

Foi também um ano de forte investimento em novas lideranças, com dezenas de contratações. “Adicionamos novas competências ao time. Foram grandes movimentos, mas muito focados. Digo que hoje é mais fácil do que o ano passado em razão disso”, brincou ele.

Até em função dessa reformulação do time, o executivo contou que teve de tomar decisões por muitas vezes difíceis. “A empresa cresceu muito nos últimos anos. Alguns talentos faziam muitas coisas ao mesmo tempo. Quando a companhia é pequena, tudo bem, mas quando cresce é preciso focar”, ensinou.

Em razão desse cenário, revelou, ele teve conversas difíceis com seu time, mas necessárias. “Estamos construindo a empresa do hoje e do amanhã. Se quisermos chegar aos US$ 2 bilhões de receita precisamos nos reorganizar”, comentou.

Parte da meta de crescimento está, naturalmente, no desenvolvimento de soluções. Com um time parrudo de engenheiros, a área de pesquisa e desenvolvimento (P&D) da Veeam segue a todo vapor. Nos últimos dez anos, a Veeam manteve seu apetite restrito para aquisições, mas McKay não descarta a possibilidade de ir às compras. Em janeiro de 2018, a companhia levou a N2W Software, que se mantém como empresa independente, para fortalecer seu negócio de cloud.

“À medida que a Veeam procura acelerar suas ofertas na nuvem, essa aquisição reforça a posição da Veeam como fornecedora de disponibilidade para qualquer aplicativo, qualquer dado, em qualquer nuvem e fortalece nossa capacidade de proteger as cargas de trabalho AWS”, disse à época o presidente.

McKay acredita que a Veeam pode inovar fazendo um mix de inovação dentro de casa e efetuando compras. “Além disso, há áreas que podemos nos mover mais rapidamente com nossos parceiros”, finalizou.

*A jornalista viajou a Chicago (EUA) a convite da Veeam Software


Receba grátis as principais notícias do setor de TI

Newsletter por e-mail