Home > Notícias

Digitalização eliminará mais de 90 toneladas de papel no comércio exterior

21/12/2015 às 11h58

Digitalização eliminará mais de 90 toneladas de papel no comércio exterior
Foto:

Mais de 90 toneladas de documentos serão eliminadas anualmente nas operações de exportação e importação no Brasil, depois que todos os órgãos envolvidos no comércio exterior aderiram à ferramenta de Anexação Eletrônica disponibilizada pelo Portal Único de Comércio Exterior. A iniciativa faz parte de projeto do governo federal para digitalizáção dos processos.

Com a participação desses órgãos, incluindo a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), 95% dos processos de autorização para exportação e 97% de importação já podem ser apresentados exclusivamente por meio eletrônico, reduzindo custos e prazos nas operações de comércio exterior, informou o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC).

O MDIC e a Receita Federal calculam que aproximadamente 19 mil documentos já são apresentados diariamente por meio eletrônico, mas com a entrada dos demais órgãos no sistema, a avaliação do governo é que os números tendem a crescer à medida que os operadores de comércio exterior intensifiquem o uso do sistema.

De acordo com o MDIC, a eliminação do papel nas operações de comércio exterior é uma das metas previstas no Plano Nacional de Exportações, lançado em junho deste ano. E, o próximo passo é a implementação de um fluxo moderno e simplificado de exportação já em 2016.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail