Home > Notícias

Dilma confirma Ricardo Berzoini para o Ministério das Comunicações

Déborah Oliveira

30/12/2014 às 8h11

Dilma confirma Ricardo Berzoini para o Ministério das Comunicações
Foto:

O Ministério das Comunicações (Minicom) continuará sendo comandado por um petista. Atual ministro da Secretaria de Relações Institucionais, Ricardo Berzoini vai substituir Paulo Bernardo à frente da pasta, uma das sete cuja nova composição foi anunciada ontem (29) pela presidente Dilma Rousseff. 

O minicom é um dos ministérios com interferência no segmento de telecomunicações juntamente com a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), principalmente no setor das operadoras de telefonia móvel e fixa, além da expansão da banda larga no país. Berzoini tem entre os seus desafios enfrentar as teles na decisão das políticas desse mercado. 
.
Bancário, Berzoini iniciou sua militância no Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e região, em 1985. Três anos depois, foi secretário de Imprensa e Comunicação da Central Única dos Trabalhadores (CUT). Foi também fundador e primeiro presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf).

Eleito deputado federal pelo PT quatro vezes (1998, 2002, 2006 e 2010), no final de 2005, foi nomeado presidente nacional do PT. No governo Lula, foi ministro da Previdência Social, quando esteve à frente da reforma da Previdência, e depois assumiu a pasta do Trabalho e Emprego.

Agora, Berzoini deve enfrentar a discussão sobre a regulação da mídia. Durante a campanha eleitoral, a presidenta Dilma defendeu a regulação econômica do setor, proposta que teve a concordância do agora ministro, um dos coordenadores da campanha à reeleição. 

Em entrevistas ao longo deste ano, ele defendeu medidas como a regulamentação dos artigos da Constituição que proíbem o monopólio ou oligopólio dos meios de comunicação.

Outras pastas ligadas à TIC

Além do Minicom, os outros ministérios que participam das decisões do setor de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) são de o de Ciências, Tecnologia e Inovação (MCTI), que será comandando por Aldo Rebelo (ex-ministro de Esporte); o da Fazenda, que estará nas mãos de Joaquim Levy; do Planejamento, a ser conduzido por Nelson Barbosa; e do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, que será liderado por Armando Monteiro. 

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail