Home > Notícias

DXC monta área de experiência em SP para demo de soluções

De manutenção por meio de óculos de realidade aumentada à otimização logística, espaço conta com tecnologias inovadoras

Déborah Oliveira

16/01/2020 às 8h41

Foto:

A DXC montou em sua sede no Brasil, localizada em São Bernardo do Campo (SP), o Tech Lounge, uma área de experiências para mostrar, na prática, de que forma pode ajudar seus clientes a acelerar a adoção de tecnologias disruptivas em prol dos negócios.

“Trabalhamos com um ecossistema de parceiros para montar uma espécie de Lego para os clientes. Como integradores, queremos efetivamente resolver o problema do cliente”, sintetizou Ricardo Ferreira, presidente da DXC Technology para América Latina Sul. Por isso, no espaço, explicou, a empresa agrega parceiros e experiência de anos de implementação para levar o estado da arte em tecnologia ao mercado.

O Tech Lounge conta com demonstrações de soluções inovadoras como inteligência artificial (AI), machine learning, analytics e internet das coisas (IoT). Ao entrar, uma das estações está reservada para demostrar como a tecnologia contribui para o ‘digital workplace’, modelo no qual colaboradores de empresas de todos os portes podem trabalhar de onde quer que estejam. Com estações de trabalho virtual, a ideia é que a tecnologia melhore a experiência do funcionário, facilite seu trabalho e promova agilidade nas tarefas diárias.

Em outra estação, um sistema de machine learning e inteligência artificial identifica em uma fábrica peças produzidas que fogem do padrão de qualidade, uma ação que acontece sem qualquer tipo de intervenção humana. “Usamos análise de vídeo para essa identificação, um sistema que pode ser implementado em qualquer indústria”, contou Ferreira. Segundo ele, a DXC aplicou a solução recentemente em uma ferrovia nacional, em um cliente não revelado, para identificar possíveis problemas na operação.

Já no sistema de realidade aumentada (AR), uma modalidade que vem crescendo dia a dia: a manutenção remota de equipamentos, em busca de eficiência. Os óculos de AR passam instruções para o funcionário em campo, que consegue realizar reparos sem, necessariamente, ter competências técnicas aprofundadas no tema.

Do outro lado da sala, um painel mostra a logística de carros que saem do centro de distribuição de uma varejista fictícia para suas lojas em São Paulo. Na tela, é possível checar o trânsito da cidade e aplicar mudanças de rota de forma automática para otimizar o roteiro e minimizar o estresse do entregador.

Em parceria com a Dassault Systèmes, a DXC também buscou reformular a forma de comprar carros, unindo ideação, criação e experiência em um sistema de gêmeo digital, que permite simulações virtuais capazes de redesenhar toda a linha de produção em minutos e facilitar o planejamento das fábricas. Esse recurso possibilita o desenvolvimento integrado com outras áreas e otimiza o tempo de lançamento de produtos.

Otimismo

Levando para a prática tudo o que pode fazer para os clientes, a DXC está animada com as perspectivas de negócios para 2020. “O mercado está aquecido e a transformação digital tem acontecido de forma intensa”, comentou o presidente da DXC Technology para América Latina Sul.

Para ele, os próximos meses serão ainda mais promissores do que 2019, quando a empresa trabalhou para fortalecer seus negócios, com um portfólio mais parrudo, inovações, reforço no time e capacitação de talentos. “Desde o lançamento da DXC, em abril de 2017, vemos uma companhia diferente e uma agenda de inovação contínua”, reforçou o executivo.

A qualificação do time é, aliás, um dos grandes desafios da DXC para este ano, mas também para toda a indústria de tecnologia, que sofre atualmente com o gap de talentos.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail