Home > Notícias

Em 2019, 20% das interações com smartphones serão realizadas via assistentes virtuais

Guilherme Borini

21/12/2016 às 10h11

Em 2019
Foto:

O Gartner prevê que, em 2019, 20% de todas as interações dos usuários com smartphones devem ocorrer por meio de assistentes pessoais virtuais (VPAs, na sigla em inglês).

Pesquisa anual da consultoria, realizada no quarto trimestre de 2016 com 3 mil consumidores dos EUA, Reino Unido e China, descobriu que 42% dos entrevistados nos EUA e 32% no Reino Unido utilizaram VPAs nos smartphones nos últimos três meses.

O Siri, da Apple, e o Google Now são atualmente os VPAs mais utilizados nos smartphones - 54% dos entrevistados no Reino Unido e EUA usaram Siri nos últimos três meses. Já o Google Now é utilizado por 41% dos entrevistados no Reino Unido e 48% nos EUA. "VPAs acrescentam muitos novos recursos, incluindo a integração para serviços de negócios, suporte a outros idiomas e aparecem em mais dispositivos", disse Jessica Ekholm, diretora de pesquisa do Gartner.

O Gartner espera que, até 2019, os VPAs vão alterar a maneira como os usuários interagem com dispositivos e serão universalmente aceitos como parte da vida cotidiana. Hoje, os VPAs estão cumprindo tarefas simples, como configurar o alarme ou recuperar informações da web, mas em um futuro próximo esses sistemas poderão realizar tarefas mais complexas, como concluir uma transação com base em cenário passado, presente e previsto.

"Esperamos que a IA, a aprendizagem de máquinas e os VPAs sejam um dos principais campos estratégicos a partir de 2017 e que muitos aplicativos móveis desapareçam e se tornem sub-servidores dos VPAs", afirma Annette Zimmermann, pesquisadora do Gartner.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail