Home > Notícias

EMC foca empresas de médio porte com nova linha 100% flash

04/05/2016 às 9h25

EMC foca empresas de médio porte com nova linha 100% flash
Foto:

Desempenho, agilidade e produtividade não são cobranças comuns apenas aos CIOs das grandes corporações. Cada vez mais, empresas de pequeno e médio portes (PMEs) buscam por meio de tecnologias avançadas e tendências como big data, digitalização e internet das coisas (IoT, na sigla em inglês) tornar negócios mais competitivos e eficientes.

O desafio, obviamente, está nos orçamentos ainda mais apertados. Se nos últimos anos a computação em nuvem pública, personificada pela Amazon Web Services, permitiu o surgimento de diversas empresas e propiciou inovações antes possíveis apenas aos grandes e tradicionais nomes do mercado, cada vez mais essas companhias precisam ter o mínimo de investimento interno, seja para projetos específicos ou para dados extremamente críticos que, muitas vezes por compliance, não podem estar em ambiente público, seja para armazenamento ou processamento.

Para um grande banco, isso não é problema. Eles investem em armazenamento 100% flash e em servidores de última geração. Aos negócios de menor porte, o flash ainda figurava como inacessível pelo alto custo apenas dos benefícios comprados pelos fabricantes. De olho nesse filão, a EMC complementou sua linha de storage 100% flash com a família Unity voltada ao núcleo de PME, anunciada durante o EMC World, em Las Vegas.

Menor que que um XtremeIO ou VMax, o equipamento não deve em nada em desempenho, o que muda é a capacidade de armazenamento - escalável -, mas que vem num tamanho suficiente para projetos desse tipo de empresa ou mesmo iniciativas para o próprio departamento de TI. A disponibilidade em nível global, bem como preços regionais, não foram divulgados, mas nos Estados Unidos, a máquina Unity 100% flash terá custo a partir de US$ 18 mil. De acordo com Jeremy Burton, presidente de produtos e marketing da EMC, a arquitetura voltada à eficiência e preço “competitivo” devem fazer da oferta um sucesso na rede de canais.

A companhia vende o novo membro da família como um pacote de soluções que vem com desempenho três vezes superior ao antecessor, ocupando apenas um terço do espaço e com metade do custo. O Unity terá também versões híbridas, mas tal desempenho é prometido na versão flash. Outro diferencial do equipamento é a interface de gerenciamento e monitoramento, que segue o modelo de computação em nuvem por meio de uma interface desenvolvida em HTML5, oferecendo ao cliente um serviço de assistência que garante o controle pela TI e gerenciamento automatizado do sistema. 

*O jornalista viajou a Las Vegas a convite da EMC

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail