Home > Notícias

Escolhas da redação: Facebook sabia da Cabridge Analytica e mais

Confira algumas das principais notícias e novidades da semana do mundo da tecnologia da informação!

Wellington Arruda

23/08/2019 às 18h16

Foto: Shutterstock

Mais uma semana chegando ao final, mas agosto ainda não chegou ao fim. O que mês que tradicionalmente é considerável inacabável já rendeu notícias importantes para o mundo da tecnologia.

Nesta edição da nossa coleção de notícias da semana, trazemos uma boa variedade do que aconteceu aqui no Brasil e no mundo. Portanto, se você já acompanha o IT Forum 365 com frequência, também pode se deparar com notícias relevantes publicadas por outros portais.

Também no meio dessas notícias, temos mais uma bola fora do Facebook; a Play Store infectada com apps maliciosos; o futuro do trabalho (!) e megatendências para 2025.

Mais uma do Facebook

O escândalo da Cambridge Analytica estourou em 2018, e a própria rede social afirmou que as investigações haviam começado em dezembro de 2015. Mas, vejam só, conversas internas indicam que a empresa sabia do problema desde... setembro, três meses antes.

Nos documentos, é possível notar que a Cambridge Analytica já estava na mira do Facebook, mas que a empresa não lidou de forma direta logo quando descobriu a maracutaia.

Leia mais: Facebook really doesn’t want you to read these emails.

Gigantes unidas pela nuvem: grandes nomes da tecnologia estão unidos para promover uma indústria mais segura. A iniciativa, chamada de Confidential Computing Consortium (CCC) tem membros bem importantes.

Dentre eles, podemos destacar o Alibaba Cloud, Baidu, Google Cloud, IBM, Microsoft, Tencent e Red Hat. A tal "computação confidencial permitirá que os dados criptografados sejam processados na memória sem expô-los ao resto do sistema".

Leia mais: Google, Intel, and Microsoft partner to improve cloud security.

É engraçado, mas não deveria ser: celebridades, políticos e pessoas comum do mundo todo caíram numa fake news no Instagram. Eles começaram a publicar uma declaração, em foto, para impedir a rede social de "usar suas fotos". Tudo isso porque alguém disse que a rede social vai impor essa regra. A recomendação de sempre, é: não acredite em tudo que vê na internet.

Leia mais: Instagram hoax resurfaces and tricks celebrities.

Cuidado com o que baixa na Play Store

Deu ruim em alguns aplicativos da Play Store, galera. A Trend Micro descobriu 85 aplicativos maliciosos na loja do Android, e eles foram baixados mais de 8 milhões de vezes. Sim! Eles se passavam por apps de jogos e fotografia.

Logo depois do download, a ameaça levava uns 30 minutinhos até agir (pra ninguém desconfiar), escondia o ícone do aplicativo (para não ser desinstalado logo de cara) e depois começava a chuva de anúncios (o famoso adware).

Saiba como se prevenir: Você pode ter sido vítima de 85 aplicativos maliciosos da Google Play.

Plano Nacional de Internet das Coisas: o decreto, aguardado desde 2017, foi assinado. Ele traz uma definição sobre IoT e seus devices, explica como funcionará a Câmara IoT e traz bases jurídicas mais seguras sobre projetos e implantação.

Fique por dentro: O decreto do Plano Nacional IoT foi assinado. E agora?

Rússia lança Fedor no espaço: mas este é o nome do robô humanoide deles. Ele está indo numa espaçonave não tripulada a caminho da Estação Espacial Internacional (ISS) e seu objetivo "é ser usado em operações que são especialmente perigosas para seres humanos".

A propósito, Fedor significa Final Experiment Demonstration Object Research. Ou somente Skybot F-850.

Leia mais sobre o Fedor'Let's go': Russia launches humanoid robot Fedor into space.

O que você fazia em 2001?

Olha que legal: quem nasceu em 2001 já pode votar, entrar numa universidade e, claro, no mercado de trabalho. Segundo estimativas da ONU, os jovens nascidos no século 21 devem representar 32% da população global ainda em 2019.

Uma série de estratégias podem ser adotadas para receber essa galera nas companhias. Uma delas é ter novas plataformas e modelos desafiadores.

Leia mais: A geração Z e o futuro do trabalho.

Ainda sobre o futuro: a Huawei divulgou a nova edição do Global Industry Vision (GIV). No relatório, a empresa aponta previsões para o desenvolvimento tecnológico e industrial até 2025. Consegue adivinhar algum?

Aqui tem mais: 10 megatendências para 2025, como supervisão e viver com bots.

 

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail