Home > Notícias

Esqueça o papel. Seu próximo currículo pode ser em vídeo

Déborah Oliveira

03/03/2015 às 11h24

Esqueça o papel. Seu próximo currículo pode ser em vídeo
Foto:

Há muito tempo executivos já não usam mais papel para enviar seus currículos para as empresas. Muitos já o substituem pelo LinkedIn. Mas a rede social também ficará para trás. Daqui alguns meses, a expectativa é de que todos esses recursos deem lugar para o vídeo.

De acordo com estudo da OfficeTeam, perto de dois terços dos gestores de recursos humanos já usam entrevistas em vídeo para localizar e contratar talentos. Não há dúvidas de que o ambiente de trabalho moderno está se transformando em um mundo focado no recurso. 

Em razão desse quadro, o site Mashable listou algumas tendências relacionadas à contratação por meio de vídeo. Veja a seguir:

1. Anúncios de emprego em vídeo
O local de trabalho do futuro deixará de exigir que os candidatos submetam currículos em papel. Em vez disso, eles vão gravar vídeos. As empresas farão o mesmo para anunciar uma oportunidade de trabalho. Ferramentas como o Ongig, permitem ações como essa. A Salesforce.com usou o Ongig para notificar uma vaga, compartilhou em mídias sociais e o post foi compartilhado dezenas de vezes.

2. Selecione candidatos a partir de entrevistas no smartwatch
Com a expectativa de crescimento do uso de relógios inteligentes, eles também ganharão a função de selecionar candidatos. Smartwatches irão, potencialmente, ter um impacto sobre entrevistas. Com o recurso, a contratação de gerentes de recrutamento e seleção e os candidatos poderá acontecer em qualquer lugar. 

3. E o Snapchat?
Originalmente usado para compartilhamento de fotos e vídeo pelo público jovem, o Snapchat está se transformando em uma plataforma para as empresas atingirem o seu público-alvo e passa a ser mais uma das ferramentas para recrutamento e seleção.

Acredite ou não, há empregadores que já estão usando o Snapchat para esse fim. Por exemplo, um pub irlandês recrutou, no início deste ano, candidatos por meio do canal. O uso do app forçou candidatos a mostrar o melhor deles em apenas dez segundos.

4. Recomendações em vídeo
A obtenção de referências é parte crucial do processo de entrevista. Em vez de realizar chamadas telefônicas para coletar informações a partir de referências, por que não solicitar um vídeo com a recomendação? 

5. Usar compartilhamento de tela para testar as habilidades dos candidatos
Se um recrutador está entrevistando um candidato do outro lado do País, mas quer testar se ele tem as habilidades necessárias para o trabalho, ele pode convidá-lo para uma avaliação de competências por meio de vídeo ao vivo. 

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail