Oi! Escolha uma opção para entrar

Nunca postaremos nas suas redes sociais

Se preferir, entre com seu e-mail

Esqueceu sua senha?
Não tem conta? cadastre-se grátis

Preencha o formulário abaixo para finalizar seu cadastro:


Wevo cresce 90% em 2018 e fatura mais de R$ 7 milhões

Por Jackson Viapiana da NB Press

em Estratégia

3 semanas atrás

Empresa quer continuar evoluindo sua tecnologia de integração e empoderar mais parceiros e clientes

A Wevo, empresa de tecnologia especializada em integrar sistemas e dados para apoiar a transformação digital do varejo e da indústria, conseguiu atingir as metas estipuladas para o ano de 2018. Com um crescimento de 90% na sua base de receita recorrente, agora, a empresa quer continuar evoluindo sua tecnologia de integração e empoderar mais parceiros e clientes, permitindo que eles tenham autonomia para ativar por conta própria integrações entre sistemas e automatizar processos sob demanda.

A empresa obteve um faturamento de mais de R$ 7 milhões em 2018 e espera um aumento de 50% em 2019, ultrapassando os R$ 10 milhões. A estratégia da companhia é continuar crescendo em um ritmo grande e chegar a R$ 35 milhões em 2022. A expansão também vai afetar o quadro de funcionários, que deve passar de 50 colaboradores para 75 em 2019.

A estratégia de crescimento passa pela ampliação da quantidade de conectores prontos com sistemas de mercado que a empresa vai disponibilizar em sua Integration Store. Com isso, visa simplificar ainda mais o processo de integração de sistemas ERP, CRM, plataformas de e-commerce, Marketplaces, PDV, Chat, BI, entre outros, permitindo que as integrações possam ser feitas pelas consultorias e agências parceiras, e até mesmo pelo time de TI dos clientes.

“Hoje, há dezenas de fornecedores para as tradicionais aplicações ERP, CRM e plataformas de e-commerce, e o surgimento de novos tipos de aplicações que não existiam antes, como é o caso dos chatbots. Este cenário propicia a pluralidade de sistemas que uma empresa utiliza para gerenciar sua operação e processos, somado a isso vemos um crescimento acelerado na geração de dados e, consequentemente, a interdependência dessas aplicações. A nossa tecnologia é totalmente aderente à necessidade que o mercado tem na atualidade, pois, permitimos que estes diferentes sistemas se comuniquem automaticamente com fluidez”, comenta Diogo Lupinari, CEO da Wevo.

Criada em 2012, a empresa recebeu um investimento milionário, em rodada Series A, feito em conjunto pelo fundo de Venture Capital Cventures Primus, que investe em empresas inovadoras de base tecnológica, e pelo empreendedor do segmento de tecnologia Cileneu Nunes, fundador da líder em telemática Omnilink.

Com o aporte, a Wevo incrementou sua plataforma e expandiu sua atuação. Hoje, a empresa já apoia clientes em 9 países na automatização dos processos de negócios a partir de integrações.

Nova sede com ambiente disruptivo

O crescimento fez a Wevo mudar de sede em São Caetano do Sul, na região metropolitana de São Paulo. O novo local possui 650 m² e conta com um ambiente de startup, com mesa de sinuca, ping-pong, puffs, videogames, balanço, sala de descompressão e decoração moderna no tom azul, de acordo com a linha de atuação e característica da marca.

“Decidimos criar um espaço diferente para atrair talentos, provocar a criatividade dos nossos colaboradores, prover conforto e, claro, a integração das pessoas e dos diferentes times dentro da empresa, permitindo e entendendo que a discussão para um novo recurso da nossa plataforma pode surgir também em um momento mais descontraído, por exemplo”, conclui Lupinari.


Receba grátis as principais notícias do setor de TI

Newsletter por e-mail