Home > Notícias

Europa e América do Norte: maioria dos executivos já iniciou transformação digital

Guilherme Borini

13/01/2017 às 12h01

Europa e América do Norte: maioria dos executivos já iniciou transformação digital
Foto:

O tema transformação digital deve seguir na pauta das empresas em 2017.  Nos dias de hoje, os executivos reconhecem uma grande lacuna entre o momento atual da transformação digital em suas cadeias globais de suprimento e o que esperam em apenas cinco anos. Esta é uma das conclusões de um estudo global intitulado "O Estado atual e futuro da Transformação Digital da Supply Chain", conduzido pela Capgemini Consulting e GT Nexus, empresa da Infor.

O estudo ouviu 337 executivos de algumas das maiores empresas globais de manufatura e varejo em toda a Europa e América do Norte. Os resultados mostram que 75% dos entrevistados consideram a transformação digital da supply chain "importante", 50% afirmaram que a transformação digital é "muito importante", enquanto 70% já começaram formalmente a transformação digital da supply chain

A pesquisa mostra que, até o momento, os progressos têm sido lentos: mais de 30% dos entrevistados disseram estar "insatisfeitos" com o progresso até agora e apenas 5% estão "muito satisfeitos"

Já existem recursos essenciais de tecnologia, porém, ainda não são amplamente utilizados. Algumas plataformas e ferramentas foram identificadas pelos executivos como facilitadores para a transformação digital, no entanto, muitos ainda contam com suporte de tecnologias antiquadas. Plataformas/ferramentas de visibilidade de cadeia (94%), Análise de Big Data (90%), Ferramentas de simulação (81%) e Cloud (80%) são vistos como os recursos tecnológicos que mais facilitam a transformação digital da cadeia.

Espera-se mudanças drásticas em apenas cinco anos. Hoje, apenas 15% dos entrevistados dizem que a maioria dos dados da cadeia estendida é acessível à sua organização. Em cinco anos, esse número aumenta para 54%.

Além disso, apenas 23% dos entrevistados dizem que a maioria dos dados da cadeia estendida é analisada e usada para a tomada de decisões. Em cinco anos, esse número crescerá para 68%. Dentro de cinco anos, 95% dos entrevistados esperam que mais processos com fornecedores sejam automatizados e 94% esperam receber mais atualizações de status de toda a cadeia em tempo real.

Kurt Cavano, presidente da GT Nexus, destaca que a pesquisa mostrou que as indústrias e os varejistas têm uma clara ideia de onde precisam estar e quais tecnologias digitais irão ajudá-los a chegar lá nos próximos cinco anos. "Contudo, vai ser um processo brusco, considerando a atual confiança em tecnologias antiquadas e analógicas, como telefone, fax e e-mail para colaborar e executar na cadeia global. Enquanto isso, o risco de interrupções na supply chain é alto e dispendioso”, afirma.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail