Home > Notícias

Gastos com segurança da informação serão de US$ 81,7 bi em 2017

Guilherme Borini

30/03/2017 às 10h41

Foto:

Segundo estimativa do IDC, as receitais mundiais de hardware, software e serviços relacionados à segurança da informação atingirão US$ 81,7 bilhões em 2017, aumento de 8,2% em relação a 2016. Ainda de acordo com a consultoria, a despesa global em soluções desta categoria deverá acelerar ligeiramente nos próximos anos, atingindo uma taxa de crescimento anual composta de 8,7% até 2020, quando as receitas serão de quase US$ 105 bilhões.

Eileen Smith, diretora do programa Customer Insights and Analysis da IDC, afirma que o rápido crescimento da transformação digital está colocando pressão sobre as empresas em todas as indústrias para investimentos em segurança para se proteção contra ameaças conhecidas e desconhecidas.

Além do setor bancário, das indústrias de manufatura discreta e de governos, três outros setores (fabricação de processos, serviços profissionais e telecomunicações) gastarão mais de US$ 5 bilhões em produtos de segurança este ano. Estes continuarão sendo as seis maiores indústrias de gastos relacionados com a segurança ao longo do período de previsão, com um crescimento anual robusto de 11,2%, que  permitirá que as telecomunicações se movam para a posição de número 5 em 2018. Após telecomunicações, as indústrias com com os crescimentos mais rápidos nos próximos cinco anos são: saúde (9,8%), serviços públicos (9,7%) e serviços bancários (9,5%).

Os serviços serão a maior área de gastos relacionados à segurança ao longo da previsão, liderada por três das cinco maiores categorias de tecnologia: serviços gerenciados de segurança, de integração e de consultoria. Em 2017, as empresas gastarão quase US$ 31,2 bilhões, mais de 38% do total mundial, nessas três categorias. A segurança da rede (hardware e software combinados) será a maior categoria de gastos relacionados à segurança em US$ 15,2 bilhões, enquanto software de segurança de end point será a terceira maior categoria em US$ 10,2 bilhões.

Sob perspectiva geográfica, os EUA serão novamente o maior mercado de produtos de segurança ao longo da previsão. Em 2017, o País terá US$ 36.9 bilhões em investimentos relacionados à segurança. A Europa Ocidental será o segundo maior mercado com gastos de quase US$ 19,2 bilhões, seguida pela região Ásia/Pacífico (excluindo o Japão).

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail