Home > Notícias

Hackers russos usam bots no Twitter para influenciar eleições no Brasil

Segundo empresa de cibersegurança FireEye, hackers ligados ao grupo Anonymous lançaram campanha para influenciar opinião pública

Redação

05/10/2018 às 10h16

Foto:

Hackers russos tentaram interferir nas eleições brasileiras deste ano, segundo reportagem da Folha de S.Paulo. A ação foi descoberta pela empresa de cibersegurança FireEye, que trabalha em parceria com o governo dos Estados Unidos. De acordo com a empresa, é a primeira vez que uma ação que pode ser ligada diretamente a Rússia aparece no atual ciclo eleitoral brasileiro. O caso foi descoberto no fim de setembro e continua acontecendo.

Como se deu a interferência - Os hackers russos utilizaram bots para inflar o alcance de posts em redes sociais e, segundo a FireEye, a ação está ligada ao grupo Anonymous que se identifica como @anonopsbrazil. A campanha no Twitter com a hashtag #OpEleiçãoContraOFascismo é de autoria do grupo. O método é muito semelhante as outras tentativas de agentes russos de influenciar a opinião pública nos Estados Unidos.

Em entrevista à Folha de S.Paulo, Cristiana Kittner, principal responsável da FireEye por investigar atividades de ciberespionagem, reforça que a campanha não se trata, necessariamente, que a Rússia interfira diretamente nas eleições, mas jogam com a vulnerabilidade do eleitor brasileiro. "Se você é uma pessoa que se informa pelas mídias sociais e vê isso, pode ser influenciado", disse.

Segundo a pesquisadora, até o momento a ação russa não teve como alvo um determinado candidato ou assunto. Mas a campanha tenta influenciar o eleitorando usando "as incertezas e desilusões das pessoas com a democracia". O objetivo, diz ela, é questionar o próprio sistema eleitoral brasileiro e perturbar a democracia.

 

 

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail