Home > Notícias

Huawei investirá US$ 1,5 bilhão em desenvolvedores e talentos

Huawei Developer Program 2.0 receberá o investimento nos próximos cinco anos.

Redação

26/09/2019 às 16h58

Foto: Huawei/Divulgação

Durante o Huawei Connect (entre 18 e 20 de setembro), a Huawei anunciou o investimento de US$ 1,5 bilhão, num período de cinco anos, para o programa 'Developer Program 2.0'.

Segundo a empresa, o objetivo é firmar parcerias com empresas e desenvolvedores, visando construir um ecossistema da indústria da computação.

O programa, voltado para desenvolvedores, foi lançado originalmente em 2015 e já contribuiu com 21 OpenLabs ao redor do mundo. Além destes, o Developer Program também colabora com comunidades e desafios para desenvolvedores, mas também na certificação de talentos.

A empresa estima que há 1,3 milhão de desenvolvedores individuais cadastrados no programa. Também são listados 14 mil desenvolvedores de empresas que trabalham em inovação de produtos e soluções que agregam valor aos clientes.

Nesse período de cinco anos, Patrick Zhang, CTO de Nuvem e Produtos e Serviços de IA da Huawei, explica os cinco objetivos do programa. São eles:

  • Construir um ecossistema aberto para a indústria de computação baseado nos processadores Kunpeng + Ascend;
  • Estabelecer um sistema completo de ativação;
  • Promover o desenvolvimento de padrões, especificações, espaços de demonstração e sistema de certificação técnica para a indústria;
  • Construir aplicações específicas para a indústria e ecossistemas regionais específicos;
  • Compartilhar o poder computacional do Kunpeng e Ascend, tornando-os acessíveis para todos os desenvolvedores.

Aos devs, a Huawei disponibiliza recursos como o sample code do Kunpeng, placas de treinamento do Ascend, vouchers para serviços na nuvem, OpenLabs, treinamentos e certificações, além de competições.

A empresa também destaca o apoio à migração de aplicações para fornecedores de softwares independentes; o desenvolvimento de aplicações de campo em engenharia; marketing e construção de mostruário.

A Huawei também lista o fundo para desenvolvimento de aprendizado (Learning Development Fund, LDF); o fundo para desenvolvimento de produto (Product Development Fund, PDF); e o fundo para desenvolvimento de marketing (Marketing Development Fund, MDF) para os estágios de aprendizado, construção e lançamento no mercado, respectivamente.

Talentos e desenvolvimento eficiente

A Huawei também anunciou o "GaussDB Golden Seeds Development Program for Academia". O programa terá cerca de US$ 21 milhões investidos em pesquisas e parcerias com universidades para treinamentos em GaussDB.

Também serão oferecidos estágios e oportunidades de emprego. A empresa planeja construir 10 laboratórios de inovação GaussDB em campus de faculdades. Quatro deles já têm local definido:

  • East China Normal University (ECNU);
  • Wuhan University (WHU);
  • Chongqing University of Posts and Telecommunications (CQUPT);
  • National Engineering Laboratory for Big Data Software of the Tsinghua University (NELBDS).

Jack Jia, gerente geral do Departamento de Produto EI da Huawei Cloud, também anunciou o ModelArts 2.0. A atualização chega para a plataforma de desenvolvimento de IA oferecendo melhor preparação de dados, treinamento de modelos e implantação.

O ModelArts 2.0 permite que iniciantes no universo de IA tenham mais oportunidades de aprimorar suas habilidades. Na outra ponta, beneficia engenheiros de algoritmos e cientistas de dados aumentando sua eficiência.

A empresa também anunciou planos para publicar mais tutoriais sobre computação inteligente, que devem ser usados para promover o desenvolvimento de talentos na indústria de inteligência artificial.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail