Home > Notícias

Instituto CCR recebe primeiro carro elétrico fruto de parceria com CPFL

Déborah Oliveira

06/06/2016 às 15h11

Instituto CCR recebe primeiro carro elétrico fruto de parceria com CPFL
Foto:

O Instituto CCR, organização sem fins lucrativos que gere investimentos em desenvolvimento sustentável do Grupo CCR, e a CPFL Energia ampliaram parceria para incentivar o uso dos veículos elétricos no Brasil. Dessa forma, o Instituto CCR recebe hoje (6/6) o Renault Zoe, primeiro carro elétrico fruto da aliança para uso administrativo e corporativo, como parte do Programa de Mobilidade Elétrica da CPFL Energia - Emotive.

O acordo prevê a concessão do Renault Zoe pela CPFL Energia, em regime de comodato, ao Instituto CCR e a instalação de um eletroposto na sede do Instituto em Jundiaí. Em contrapartida, o Instituto CCR compartilhará com a CPFL Energia dados e informações obtidas com o uso do veículo e realizará uma contribuição mensal às pesquisas desenvolvidas no âmbito do Programa de Mobilidade Elétrica.

Além disso, o Instituto CCR será um dos principais usuários do eletroposto recém-instalado pela CPFL Energia, em parceria com a companhia, por meio da CCR AutoBAn, no Posto 67 da Rede Graal, na Via Anhanguera, km 67, pista no sentido Capital - Interior.

Isso permitirá o teste do impacto do uso do veículo elétrico na rede elétrica local. Futuramente, os usuários do Sistema Anhanguera-Bandeirantes também poderão contar com eletroposto na Rodovia dos Bandeirantes, no Posto Graal, km 56. Os colaboradores do Instituto CCR também poderão recarregar o Renault Zoe em seus deslocamentos por Campinas.

Pesquisa & Desenvolvimento
A parceria com o Instituto CCR faz parte do Programa de Mobilidade Elétrica da CPFL Energia, projeto de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) que estuda os impactos da utilização dos veículos elétricos financiado com recursos do programa de P&D da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). A pesquisa, iniciada em 2013, receberá até R$ 21,2 milhões em investimentos até 2018, ano de sua conclusão.

Atualmente, o projeto encontra-se em sua segunda fase. A expectativa nesta etapa é de ampliar a frota de veículos elétricos para até 16 carros e aumentar o número de eletropostos em operação para até 25. Os pontos de recarregamento serão colocados em locais públicos, como shoppings centers, postos de serviços, na prefeitura e em outros pontos estratégicos.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail