Home > Notícias

Ironhack, após um ano, emprega mais de 90% dos estudantes em TI

Taxa de empregabilidade do campus brasileiro é ainda maior do que a média mundial da Ironhack.

Redação

21/10/2019 às 16h33

Accenture prepara formação técnica para jovens da rede pública de ensino
Foto: Shutterstock

A Ironhack, escola de desenvolvimento para profissionais da área de tecnologia, anuncia que completou um ano de operação no Brasil. O campus brasileiro fica localizado em São Paulo, mas no total são nove espalhados pelo mundo.

Como parte da divulgação, a empresa aponta ainda um número bastante impressionante sobre empregabilidade entre os formandos. Do Brasil, mais de 90% dos alunos conseguiram uma vaga de emprego no setor desejado em até três meses após a conclusão do curso.

Para efeito de comparação, a empresa cita, também, que a média mundial da escola é uma taxa de 85% de empregabilidade. O general manager da Ironhack no Brasil, Tiago Mesquita, diz que o resultado é fruto do ensino imersivo e também da preparação dos alunos para o dia a dia do mercado de trabalho.

“Existem casos de alunos que recebem duas ou três propostas logo após o término do bootcamp e ele precisa decidir pela vaga mais atraente e adequada ao seu perfil”, afirma Mesquita.

A escola recebeu investimento de US$ 4 milhões, liderada pelo fundo JME Venture Capital, em julho deste ano. O objetivo é ampliar a presença da Ironhack na América Latina. Há a estimativa de que, no Brasil, temos cerca de 460 mil vagas abertas em tecnologia da informação, que podem ser preenchidas com a força da educação.

“A ideia é ajudar o continente a se desenvolver mais rapidamente, pois essa é a região com maior déficit de profissionais qualificados na área da tecnologia em todo o mundo”, cita.

Os bootcamps de Desenvolvimento Web, UX/UI Design e Data Analytics da Ironhack têm duração média de 10 a 28 semanas e já formaram mais de três mil profissionais.

No primeiro semestre de 2019, em São Paulo, mais de 100 estudantes concluíram os estudos. Mesquita relaciona que os cursos têm grande participação de jovens "que almejam conquistar rapidamente um emprego qualificado, sem a necessidade de se comprometer financeiramente com a mensalidade da universidade por quatro anos ou mais".

Um outro adicional, revelado por Mesquita, é que os profissionais que procuram a escola pensam "em dar um upgrade no currículo ou até mesmo mudar de carreira".

Os bootcamps da Ironhack estão disponíveis para todas as idades e níveis de conhecimento. Na plataforma online, são oferecidas mais de 60 horas de conteúdo sobre os fundamentos básicos do curso escolhido.

Ao fim da cada bootcamp, o estudante ainda tem auxílio da escola para se inserir no mercado de trabalho. A Ironhack organiza a Hiring Week (semana de contratação) para recrutadores de diversas empresas entrarem em contato os formandos.

Na visão de Mesquita, tal iniciativa possibilita "que os estudantes saiam encaminhados para uma futura vaga de emprego". Do lado das organizações, "o benefício é conhecer novos talentos antes mesmo deles começarem a procurar oportunidades de trabalho".

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail