Home > Notícias

Líderes falham em capitalizar crescimento de PaaS, afirma Gartner

15/04/2016 às 11h00

Líderes falham em capitalizar crescimento de PaaS
Foto:

A receita total de software de middleware e infraestrutura de aplicação (AIM) no mundo totalizaram US$ 23,9 bilhões em 2015, aumento de 0,1% com relação ao registrado em 2014, de acordo com levantamento realizado pelo Gartner. 
Ainda de acordo com o instituto, a valorização considerável do dólar norte-americano no ano passado mascarou o crescimento no mercado. Em moeda constante, o crescimento foi de 7,8%, impulsionado pelo rápido crescimento do segmento de plataforma como serviço (PaaS, na sigla em inglês).
De acordo com Fabrizio Biscotti, diretor de pesquisas do Gartner, o segmento mostrou o crescimento mais impressionante, não apenas no mercado AIM, mas em todo o mercado de software empresarial. "Integration PaaS (iPaaS) cresceu 55%, enquanto aplicação PaaS (aPaaS) cresceu 40%, apesar do dólar", afirmou.
Segundo o Gartner, embora tecnologias mais antigas continuem a ser a primeira escolha para cenários de aplicação mais exigentes, a evolução da maturidade de infraestrutura de aplicativo em nuvem agora oferece maior agilidade, escalabilidade e eficiência do que as tecnologias tradicionais on-premise.
Essa transição em curso para serviços em cloud e a onda emergente de inovação em torno da internet das coisas (IoT, na sigla em inglês) empurra ainda mais os gastos com infraestrutura de aplicação para longe de modelos mais antigos e os direciona a análises orientadas a eventos e processos.
Para Biscotti, a concentração do mercado entre os maiores fornecedores está diminuindo com a chegada de especialistas e provedores de código aberto e de nuvem", disse. "O crescimento do iPaaS e aPaaS, em grande parte, não beneficiou operadores de mercado."
Em 2015, os maiores vendedores mantiveram suas posições de mercado - embora o líder do mercado, a IBM, tenha sofrido queda na receita de cerca de 13%, caindo para 25% do total do mercado de software AIM. 
A receita da Oracle também caiu em cerca de 4%, capturando 13% do mercado total. A Microsoft, com seus 5% de crescimento de receita, foi um dos únicos dos três players que tiveram aumentos.
A Salesforce manteve o quarto lugar, enquanto a Software AG saiu do top cinco - trocando de lugar com TIBCO Software.
"A Salesforce continua a perturbar o mercado AIM, com sua receita crescendo mais de 36%", disse Biscotti. "O forte desempenho da empresa, bem como o crescimento constante da categoria 'outros', sublinha a tendência de organizações unicamente de nuvem e experts menores abocanhando uma quota de mercado à custa de fornecedores tradicionais nesse espaço."

Tags
Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail